Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9970
Title: A intervenção centrada na família produz efeito no desenvolvimento da linguagem de crianças com deficiência auditiva? : revisão sistemática
Other Titles: Does family-centered intervention have an effect on the language development of children with hearing impairment? : systematic review.
Authors: Gomes, Larissa Fernandes
Keywords: Família;Criança;Relações pai-filho;Perda auditiva;Intervenção Precoce;Desenvolvimento da linguagem;Family;Child;Parent-child relations;Hearing loss;Early intervention;Language development
Issue Date: 29-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: GOMES, Larissa Fernandes. A intervenção centrada na família produz efeito no desenvolvimento da linguagem de crianças com deficiência auditiva? : revisão sistemática. 2019. 59f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) – Departamento de Fonoaudiologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: Na literatura, a participação da família na habilitação auditiva auxilia a estimular o desenvolvimento linguístico das crianças com deficiência auditiva, já que esta ocupa melhor posição para facilitar a comunicação no cotidiano. Ainda assim, é necessário que se busque evidências científicas sobre se a intervenção centrada na família produz efeito no desenvolvimento da linguagem desses infantes. Objetivo: O objetivo dessa revisão sistemática foi, portanto, avaliar se a intervenção centrada na família produz efeito no desenvolvimento da linguagem de crianças com deficiência auditiva. Método: Por meio de uma revisão sistemática, realizada em julho de 2019, a busca foi feita em 6 bases de dados (PubMed, LILACS, Web of Science, Scopus, Cochrane, PsycINFO) e na base cinzenta (Open Gray, Google Scholar), sem restrição do idioma e ano. Para o critério de elegibilidade, foram selecionados estudos que possuíssem grupo controle e/ou comparassem o pré e pós testes de intervenções centradas nos pais para melhorar a comunicação e o desenvolvimento da linguagem em crianças com deficiência auditiva. Na seleção e análise dos dados, trabalharam dois revisores independentes (1R e 2R). A pesquisa foi feita em duas fases. Na fase um os dois revisores, individualmente, leram títulos e resumos das referências coletadas, elencando estudos que se enquadravam no critério de inclusão. Posteriormente, os dois mesmos revisores na segunda fase, executaram a leitura na íntegra das publicações selecionadas na fase um, para seleção final. Devido a heterogeneidade dos dados, foi conduzida a avaliação qualitativa dos estudos. Resultados: Foram selecionados nove estudos na fase um e na fase dois, cinco artigos foram identificados para análise dos dados. Os estudos entre si variaram quanto ao modelo das intervenções centradas na família. As terapias encontradas nas pesquisas foram: Programa Parental Muenster (MPP), Terapia de Interação PaisFilhos (PCIT), intervenção guiada pelo videofeedback e Programa de Intervenção Precoce. Em todos eles os resultados quanto a interação e comunicação família-criança foram benéficos, com medidas de linguagem ou inventários às famílias indicando melhora na linguagem da criança. Conclusão: Os cinco estudos escolhidos para seleção final relataram que a intervenção com foco nas famílias, independente de seu modelo, potencializa o desenvolvimento linguístico das crianças com deficiência auditiva, no entanto ainda são necessários estudos com maior nível de evidência e delineamento metodológico a fim de garantir as recomendações pautadas em evidência científica para um modelo ideal de intervenção focalizada na família de crianças com deficiência auditiva. Portanto, o presente estudo orienta as futuras pesquisas neste tema e contribui para a atuação dos profissionais com as famílias de crianças com deficiência auditiva.
Abstract: Introduction: In the literature, the participation of the family in the auditory qualification helps to stimulate the linguistic development of children with hearing impairment, since it occupies a better position to facilitate communication in daily life. Nevertheless, it is necessary to seek scientific evidence on whether family-centered intervention has an effect on the development of the language of these infants. Aim: The objective of this systematic review was, therefore, to evaluate whether family-centered intervention has an effect on the language development of children with hearing impairment. Method: Through a systematic review, conducted in July 2019, the search was conducted in 6 databases (PubMed, LILACS, Web of Science, Scopus, Cochrane, PsycINFO) and in the gray base (Open Gray, Google Scholar), without language restriction and year. For the eligibility criterion, studies were selected that had a control group and/or compared the pre and post tests of interventions centered on parents to improve communication and language development in children with hearing impairment. In the selection and analysis of the data, two independent reviewers (1R and 2R) worked. The research was done in two phases. In phase one, the two reviewers individually read titles and abstracts of the collected references, electing studies that fit the inclusion criterion. Subsequently, the same two reviewers in the second phase performed the full reading of the publications selected in phase one for final selection. Due to the heterogeneity of the data, the qualitative evaluation of the studies was conducted. Results: Nine studies were selected in phase one and phase two, five articles were identified for data analysis. The studies among themselves varied regarding the model of family-centered interventions. The therapies found in the researches were: Muenster Parental Program (MPP), Parent-Child Interaction Therapy (PCIT), videofeedback-guided intervention and Early Intervention Program. In all of them the results regarding family-child interaction and communication were beneficial, with language measurements or inventories to families indicating improvement in the language of the child. Conclusion: The five studies chosen for final selection reported that the intervention focused on families, regardless of their model, enhances the linguistic development of children with hearing impairment, however studies with a higher level of evidence and methodological design are still needed in order to ensure the recommendations based on scientific evidence for an ideal model of intervention focused on the family of children with hearing impairment. Therefore, the present study guides future research on this theme and contributes to the performance of professionals with the families of children with hearing impairment.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9970
Other Identifiers: 20160139508
Appears in Collections:Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aintervençãocentradanafamíliaproduz_Gomes_2019.pdf
Restricted Access Until 2050-01-01
Solicito embargo para o prazo máximo, pois este Trabalho de Conclusão de Curso será encaminhado para publicação de artigo em uma revista científica.
Texto Completo8.1 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons