Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9950
Title: Razão isquiotibiais/quadríceps em praticantes de CrossFit®: um estudo transversal
Authors: Silva, Rafael Gomes da
Keywords: Força muscular;Dinamômetro de força muscular;Avaliação;Treinamento intervalado de alta intensidade
Issue Date: 27-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Rafael Gomes da. Razão isquiotibiais/quadríceps em praticantes de CrossFit®: um estudo transversal. 2019. 23 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: O Crossfit® é uma atividade realizada em altas intensidades e se enquadra no Programa de Condicionamento Extremo. Quando não realizada da forma bem periodizada pode gerar desequilíbrios musculares, principalmente de agonistas e antagonistas. Para isso tem-se a necessidade de avaliação dessa população. Objetivo: Analisar a razão IQ de praticantes de CF de ambos os sexos. Materiais e métodos: Trata-se de um estudo transversal observacional, onde os 18 voluntários praticantes de CF foram avaliados através do dinamômetro isocinético com contrações concêntricas voluntárias máximas (CCVM) de flexão/extensão do joelho a uma velocidade de 60º/s, em sessão única. Foi realizada a analise estatística descritiva dos dados através do SPSS 20.0, realizando os testes Shapiro-Wilk, teste T independente e correlação de Spearman. Os perfis de Pico de Torque (PT), razão Isquiostibiais/Quadríceps (I:Q) e tempo de prática foram expressos em forma de média e desvio padrão considerando um nível de significância de 5% e intervalo de confiança de 95%. Resultados: O estudo apresentou média de razão I:Q de 47,40%(± 5,93) e houve diferença estatística para PT entre os sexos (p<0,05). Conclusão: Praticantes de CF apresentam média de razão I:Q inferior ao sugerido pela literatura (60%), isso pode favorecer o surgimento de lesões nessa população.
Abstract: Introduction: Crossfit® (CF) is an activity performed at high intensities and falls under the Extreme Conditioning Program. When not performed properly, it can lead to muscle imbalances, especially to agonists and antagonists. Therefore, it is necessary to evaluate this population. Objective: To analyze the hamstring/quadriceps (H:Q) among CF practitioners of both sexes. Materials and methods: This is an observational cross-sectional study in which 18 CF practitioners underwent an isokinetic dynamometer with maximal, concentric contractions of knee flexion/extension at a speed of 60º/s in a single session. Descriptive analysis was performed by SPSS 20.0 through the Shapiro-Wilk test, independent T-test and Spearman correlation. The peak torque, hamstring/quadriceps ratio (H:Q) and CF practice time were expressed as mean and standard deviation, considering a significance level of 5% and a confidence interval of 95%. Results: The study presented an average H:Q ratio of 47.40% (± 5.93) and there was a statistical difference between the sexes (p <0.05). Conclusion: CF practitioners had average H:Q ratio lower than what is suggested in other studies (60%), leading to higher chances of injuries in this population.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9950
Other Identifiers: 2015079940
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Razãoisquiotibiais/quadrícepsempraticantes_Silva_2019Texto Completo332.95 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons