Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9948
Title: Avaliação dos parâmetros biomecânicos da Tíbia de animais diabéticos submetidos a oxigenoterapia hiperbárica.
Authors: Dantas, Jônatas Eduardo Alves
Keywords: Diabetes Mellitus. Oxigenoterapia Hiperbárica. Osso. Biomecânica.
Issue Date: 5-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: DANTAS, Jônatas Eduardo Alves. Avaliação dos parâmetros biomecânicos da Tíbia de animais diabéticos submetidos a oxigenoterapia hiperbárica. 2019. 24 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Diabetes Mellitus (DM) é uma doença que afeta diretamente o metabolismo, causando danos em diversos sistemas pela hiperglicemia crônica. A hiperglicemia gera também a hiperlipidemia e consequente inflamação, resultando em alteração vasculares, nervosas, musculares e ósseas. A DM está associada diretamente com maior risco de osteoporose e de fraturas. A osteopenia diabética é um fator determinante para que isto ocorra, tendo em vista que a hiperglicemia crônica promove alterações no metabolismo ósseo que se refletem na diminuição dos parâmetros biomecânicos e da massa óssea. A oxigenoterapia hiperbárica (OHB) vem sendo uma modalidade terapêutica promissora para várias doenças como feridas crônicas e isquemia cerebral. Recentes estudos vêm revelando o efeito positivo da OHB sobre o osso e seu processo de reparo, melhorando a vascularização e aumentando os parâmetros biomecânicos. Objetivo: O objetivo desse estudo foi observar o efeito da OHB na biomecânica do osso de animais diabéticos. Métodos: Foram utilizados 27 animais divididos em 4 grupos: grupo controle (C), grupo controle com OHB (C+OHB), grupo diabético (DM) e grupo diabético com OHB (DM+OHB). Os animais foram submetidos a OHB utilizando um protocolo de 4 semanas de tratamento 5 vezes por semana, por 60 minutos com 100% de oxigênio, com pressão de 2,5 atm. Foram analisadas as características biomecânicas do osso, nas variáveis força máxima, esforço em flexão e deformação. Para os dados que apresentaram distribuição normal foi utilizado o teste ANOVA one-way e post hoc de Tukey. Foi adotado p < 0.05 para significância estatística. Resultados: Os animais dos grupos DM e DM+OHB apresentaram hiperglicemia e perda ponderal comparados ao grupo C e C+OHB (p < 0,05). Houve diminuição da força máxima do grupo DM comparado ao grupo C (p < 0,05). Nos demais parâmetros não houve alteração. Conclusão: A DM em 8 semanas foi capaz de diminuir a força máxima dos ossos de ratos diabéticos. O grupo DM+OHB não apresentou diferença estatística em relação ao grupo C.
Abstract: Diabetes Mellitus (DM) is a disease which affects directly the metabolism, causing harm in many systems through the chronic hyperglycemia. The hyperglycemia also develops a hyperlipidemia and consequent inflammation, resulting in bone, muscular and vascular disorders. DM is directly associated with an increased risk of osteoporosis and fractures. The diabetic osteopenia is a decisive factor for that this happens, seen that chronic hyperglycemia leads to bone metabolism disorders, which reflect in the lowering of the biomechanical parameters and of the bone mass. The hyperbaric oxygen therapy (HBO) has come to be a promising therapeutic modality to many diseases as chronic wounds and cerebral ischemia. Recent studies have revealed the positive effect of the HBO on the bone and its repair process, enhancing vascularization and increasing the biomechanical parameters. Objective: This aim of this study was to analyze the HBO effect in the on the bone biomechanics of diabetic animals. Methods: 27 animals were used, divided into 4 groups: control group (C), control with HBO group (C+HBO), diabetic group (DM) and diabetic with HBO group (DM+HBO). The animals were submitted to HBO using a protocol of 4 weeks of treatment 5 times a week, for 60 minutes with 100% of oxygen, with a pressure of 2,5 atm. Were analyzed the bone biomechanics characteristics in the variables maximus load, strength and strain. To the data that showed normal distribution it was used the one-way ANOVA test and post hoc of Tukey. It was considered p < 0,05 as statistically relevant. Results: The animals of the DM and DM+OHB groups showed hyperglycemia and lose weight when compared to the C and C+OHB groups. There was a decrease in maximum load of the DM group when compared to C group (p < 0,05). The DM+HBO group did not show statistical difference in comparison to the C group. In the other parameters there were no change. Conclusion: The DM reduced the maximum strength in the bone of diabetic rats. The DM+OHB group showed no difference compared to the C group.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9948
Other Identifiers: 2015077703
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliaçãodosparâmetrosbiomecânicosdaTíbia_Dantas_2019Texto Completo467.46 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons