Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9909
Title: Eficácia de um Programa de Exercício Supervisionado a Distância na adesão e na manutenção da capacidade funcional e qualidade de vida em Cardiopatas – Estudo Piloto
Authors: Nogueira, Ana Karolyn Menezes
Keywords: : reabilitação cardíaca, exercício, qualidade de vida.;cardiac rehabilitation, exercise, quality of life.
Issue Date: Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: NOGUEIRA, Ana Karolyn Menezes. Eficácia de um Programa de Exercício Supervisionado a Distância na adesão e na manutenção da capacidade funcional e qualidade de vida em Cardiopatas – Estudo Piloto. 2019. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: A reabilitação cardíaca (RC) é uma recomendação de Classe I após um evento cardíaco. As doenças cardiovasculares são as principais causas de óbitos por enfermidades crônicas não transmissíveis no Brasil. Logo, os programas de exercícios supervisionados a distância tornam-se uma alternativa viável para alcançar o objetivo de educar os pacientes para o desenvolvimento de hábitos saudáveis, possibilitando a prática de exercício físico regular, após a alta da fase ambulatorial supervisionada da RC. Objetivo: Avaliar se um programa de exercício supervisionado a distância (PESD) é eficaz na adesão e na manutenção da capacidade funcional e da qualidade de vida (QV) de pacientes cardiopatas após a alta da fase supervisionada do programa de RC. Metodologia: Estudo piloto envolvendo pacientes após a alta do programa supervisionado de RC. Todos os participantes realizaram avaliação clínica, antropométrica, teste de caminhada de seis minutos e responderam a um questionário de qualidade de vida, no início e após o término do programa. Os pacientes foram alocados em dois grupos: o grupo intervenção (G1), que recebeu orientações e acompanhamento, por meio de ligações telefônicas; e o grupo controle (G2), que recebeu apenas orientações. Resultados: Foram selecionados 19 pacientes, mas 6 foram excluídos. A amostra final conteve 13 pacientes, 6 foram alocados no G1 e 7 no G2. Houve adesão ao PESD significantemente maior no G1 em relação ao G2. Nos dois grupos houve manutenção da capacidade funcional e da QV. O G1 apresentou no pós-PESD escores significantemente maiores em três domínios do SF-36 comparado ao G2. Conclusão: O PESD com acompanhamento por fisioterapeuta aumenta à adesão a prática regular de exercício físico em cardiopatas. Não houve mudanças na capacidade funcional e qualidade de vida em ambos os grupos.
Abstract: Introduction: Cardiac rehabilitation (CR) is a class I of recommendation after a cardiac event. Cardiovascular diseases are the leading causes of deaths from chronic noncommunicable diseases in Brazil. Thus, home-based exercise programs become a feasible alternative to achieve the goal of educating patients on the development of eating habits, enabling regular physical exercise after an outpatient supervised CR program. Objective: To analyze whether a remote supervised exercise program (RSEP) is effective in adherence and maintenance of functional capacity and quality of life (QoL) of cardiac patients after an outpatient supervised CR program. Methodology: Pilot study involving patients after a supervised CR program. All participants underwent clinical, anthropometric assessment, six-minute walk test, and answered a health-related quality of life questionnaire before and after the RSEP. The patients were allocated into two groups: intervention (G1), which received guidance and follow-up through telephone calls; and the control (G2), which received guidance only. Results: 19 patients were selected, but 6 were excluded. A final sample contains 13 patients, 6 were allocated in G1 and 7 in G2. There was significantly higher adherence to RSEP in G1 than G2. G1 showed significantly higher post-RSEP scores in three SF-36 domains than G2. Functional capacity and QoL were maintained in both G1 and G2. Conclusion: The RSEP with follow-up through telephone calls showed an improvement of exercise adherence. In addition, both functional capacity and quality of life were maintained in the program with and without follow-up.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9909
Other Identifiers: 20150122991
20150122991
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EficáciadeumProgramadeExercícioSupervisionado_NOGUEIRA_2019Texto Completo991.6 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.