Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9900
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorDias, Thiago Ferreira-
dc.contributor.authorGarcia, Anna Beatriz Rodrigues-
dc.date.accessioned2019-12-09T20:31:07Z-
dc.date.available2019-12-09T20:31:07Z-
dc.date.issued2019-11-28-
dc.identifier2016045141pt_BR
dc.identifier.citationGARCIA, Anna Beatriz Rodrigues. Governo Aberto no Brasil: qual o estágio de implementação das capitais?. 2019. 68f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Departamento de Ciência Administrativas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9900-
dc.description.abstractSociety in the face of social, economic and political changes have been seeking to take more and more ownership of the exercise of its rights, and thus there is pressing need for the State to make room for it to happen. Thus, the present study aims to analyze the situation of institutional implementation of the Open Government paradigm, the advances and setbacks of the theme in the capitals of Brazil, comparing with the results of the situation portrayed in 2018 and 2019. This is a descriptive research of quantitative approach, using exploratory data analysis (AED), which developed in order to analyze the level of institutional implementation of the Open Government theme in the capitals of Brazil, through the application of the Institutional Index of Municipal Open Government - IIGAM (DIAS and OLIVEIRA, 2016; Hernandéz-Boniviento, 2016). Analyzing the results obtained, it can be inferred that between 2018 and 2019, the average value of IIGAM grew 3.3%, which means a strong engagement of capitals in the development of the theme. Capital data shows that cities that were located in the low center of the ranking developed and have better results, as well as significant progress in the implementation level, since the number of cities increased at high and medium-high levels, therefore, an extremely satisfactory result of the initial mission proposed at work. The transparency dimension fell by 3.2%, which impacts compliance with the Information Access Act and on instruments conducive to accountability actions. As for its events, it was possible to identify a strong presence of capitals as retroactive, however, today a balance between capitals is identified, also presenting a strong timely presence. For participation, the results show an increase of 7.6% and 5.2% for the collaboration dimension, which demonstrates a strong State impulse in spaces and mechanisms that enable inference and public co-production. In addition to these points, throughout the study, we seek to bring the main topics that contribute to the discussion and reflection of the Paradigm of Open Government in Brazil, aiming at the development of the philosophy in question.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPqpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectInovação públicapt_BR
dc.subjectGoverno abertopt_BR
dc.subjectIIGAMpt_BR
dc.titleGoverno aberto no Brasil: qual o estágio de implementação das capitais?pt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.contributor.referees1Sano, Hironobu-
dc.contributor.referees2Medeiros, Marcos Fernando Machado de-
dc.description.resumoA sociedade diante das mudanças sociais, econômicas e políticas vêm buscando tomar cada dia mais posse do exercício de seus direitos, e assim, há necessidade premente que o Estado abra espaço para que o mesmo aconteça. Assim, o presente estudo tem como objetivo analisar a situação de implementação institucional do paradigma de Governo Aberto, os avanços e retrocessos da temática nas capitais do Brasil, comparando com os resultados da situação retratada no ano de 2018 e 2019. Trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem quantitativa, com uso da Análise Exploratória de Dados (AED), que se desenvolveu visando analisar o nível de implementação institucional da temática de Governo Aberto nas capitais do Brasil, por meio da aplicação do Índice Institucional de Governo Aberto Municipal – IIGAM (DIAS e OLIVEIRA, 2016; HERNANDÉZ-BONIVIENTO, 2016). Analisando os resultados obtidos, pode-se inferir que entre o ano de 2018 e 2019, o valor médio do IIGAM cresceu 3,3%, o que significa um forte engajamento das capitais no desenvolvimento da temática. Os dados das capitais mostram que as cidades que estavam localizadas no centro baixo do ranking se desenvolveram e apresentam melhores resultados, assim como, um significativo progresso no nível de implementação, visto que aumentou a quantidade de cidades alocadas nos níveis Alto e Médio-Alto, portanto, um resultado extremamente satisfatório a missão inicial proposta no trabalho. A dimensão transparência sofreu uma queda de 3,2%, o que impacta no cumprimento da Lei de Acesso à Informação e nos instrumentos propícios a realização das ações de accountability. Quanto aos seus eventos, era possível identificar forte presença das capitais como retroativas, entretanto, hoje se identifica um equilíbrio entre as capitais, apresentando também forte presença tempestiva. Para a participação, os resultados mostram um crescimento de 7,6% e de 5,2% para a dimensão colaboração, o que demonstra um forte impulso Estatal em espaços e mecanismos que possibilitam a inferência e coprodução pública. Além desses pontos, ao longo do estudo, busca-se trazer os principais tópicos que contribuem para a discussão e reflexão do paradigma de Governo Aberto no Brasil, visando o desenvolvimento da filosofia em questão.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentAdministraçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.subject.cnpq6.02.02.00-9 Administração Públicapt_BR
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GovernoAbertoBrasil_Garcia_2019.pdf2.24 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons