Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/980
Título: Comprometimento organizacional: o caso de uma loja de varejo de Natal/RN a partir do modelo EBACO
Autor(es): LEMOS, Christiane Maranhão Pinto de
Palavras-chave: Comprometimento organizacional;EBACO;Estratificação do comprometimento
Data do documento: 27-Nov-2014
Editor: Administração
Referência: LEMOS, Christiane Maranhão Pinto de. Plano de negócios para implantação de uma empresa de apresentações de alto impacto na cidade do Natal - RN. 2014. 50f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia) – Departamento de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Abstract: O objetivo principal desse trabalho foi avaliar o nível de comprometimento dos colaboradores de uma loja de varejo da cidade de Natal/RN. A Escala de Bases do Comprometimento Organizacional (EBACO) foi utilizada para analisar os tipos e os níveis de comprometimento na organização. Quanto aos meios da pesquisa, ela caracteriza-se como um estudo de caso, já que examinou uma única realidade. Em relação aos fins, distingue-se como uma pesquisa exploratória e descritiva. Foram analisados 54 questionários, representando uma amostra de 31,76% do universo. Os dados foram tabulados e analisados com ajuda do programa Microsoft Office Excel 2013, no qual cada média obtida nos indicadores foi multiplicada pelo peso correspondente. Após a multiplicação, foi realizada a soma dos valores obtidos de cada base, denominados Escores, possibilitando a interpretação do nível de comprometimento. Observou-se que as bases Afetiva e Linha Consistente de Atividade apresentaram um nível de comprometimento acima da média; as bases Afiliativa e Escassez de Alternativas expuseram um baixo comprometimento e a base Obrigação em Permanecer exibiu um nível de comprometimento abaixo da média. A base Afiliativa teve destaque por apresentar o maior Escore ao ser comparada com as demais bases, esse fator pode ser explicado pelo fato da empresa, recentemente, ter investido em políticas de integralização dos funcionários. Ao analisar as bases do comprometimento organizacional junto às características demográficas e ocupacionais, foi possível concluir que, em relação ao gênero, não houveram alterações nos níveis de comprometimento. Tais alterações, no entanto, foram observadas ao analisar a idade – na qual as bases Afiliativa e Escassez de Alternativas apresentaram variações – e ao examinar o tempo de serviço, com alterações nas bases Afiliativa e Linha Consistente de Atividade.
Descrição: Participaram da Banca Examinadora os Professores Leandro Trigueiro Fernandes (UFRN) e Antônio Carlos Ferreira (UFRN).
URI: http://monografias.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/980
Aparece nas coleções:Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ChristianeMPL_Monografia.pdfTexto completo838,75 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons