Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9782
Title: Dinâmica populacional do peixe ariocó, Lutjanus synagris (Linnaeus, 1758) (Actinopterygii; Perciformes) nas águas costeiras do Rio Grande do Norte, Brasil
Authors: Lira, Rayssa Dantas de
Keywords: Lutjanus synagris;Dinâmica populacional;Aspectos reprodutivos;Baía Formosa
Issue Date: 12-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LIRA, Rayssa Dantas de. Dinâmica populacional do peixe ariocó, Lutjanus synagris (Linnaeus, 1758) (Actinopterygii; Perciformes) nas águas costeiras do Rio Grande do Norte, Brasil. 2019. 54 f. Monografia (Graduação em Engenharia de Aquicultura) – Centro de Biociências. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2019.
Portuguese Abstract: O presente trabalho verificou os aspectos reprodutivos por meio da dinâmica populacional do peixe marinho ariocó, Lutjanus synagris (Linnaeus, 1758), pertencente à família Lutjanídae. A espécie ocorre nos Oceanos Índico, Pacífico e Atlântico. O estudo foi realizado na praia de Baía Formosa, Rio Grande do Norte, Brasil 06º 22' 10" Latitude S e 35º 00' 28" Longitude W. Os peixes foram capturados bimestralmente de agosto de 2015 a maio de 2016. Em laboratório, os peixes foram identificados taxonomicamente, pesados, medidos e o sexo foi identificado. Foram verificados os aspectos reprodutivos do peixe ariocó, proporção sexual, tipo de crescimento, comprimento da primeira maturação sexual (L50), aspectos do desenvolvimento das gônadas, fator de condição (K) e o índice gonadossomático (IGS). A proporção sexual de L. synagris foi de 1M:1,3F. O comprimento total variou de 18 cm a 29 cm (23,26 ± 2,02) e o peso total variou de 89 g a 339 g (184,57 ± 48,00). O valor do coeficiente angular (θ) foi (θ = 2,6377) para machos e (θ = 2,8118) para fêmeas, o que indica um crescimento alométrico negativo. O valor de L50 foi de 22,9 ± 0,97 cm para fêmeas e 23,7 ± 0,77 cm para machos. Os estádios de desenvolvimento gonadal foram: imaturo, em maturação e maduro. Baseado nos valores do IGS o período reprodutivo de L. synagris, ocorreu durante agosto-setembro. Quando comparado com o IGS o fator de condição não mostrou correlação. Estudos relacionados à biologia reprodutiva dos peixes garantem subsídios para uma melhor compreensão no que diz respeito à conservação e manejo das espécies, como também a manutenção dos estoques pesqueiros.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9782
Other Identifiers: 20150131337
Appears in Collections:Engenharia de Aquicultura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Rayssa (03-12).pdf6.32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.