Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9753
Title: Avaliação de diferentes substratos na produção de mudas de meloeiro (Cucumis melo L.)
Other Titles: Evaluation of different substrates in the production of melon (Cucumis melo L.)
Authors: Costa, João Manuel Barreto da
Keywords: Cama de frango. carvão. febra de coco. melão amarelo. vermiculita.;Chicken bed. charcoal. coconut fiber. yellow melon. vermiculite.
Issue Date: 13-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, João Manuel Barreto da. Avaliação de diferentes substratos na produção de mudas de meloeiro (Cucumis melo L.). 2019. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Macaíba, 2019.
Portuguese Abstract: Visando a produção de mudas de qualidade, o substrato é peça fundamental nessa atividade, pois ele é definirá a vitalidade da muda. Por consequência, atenuar os custos dessa operação sem comprometer a qualidade da muda é um ponto crucial para a atividade, principalmente para os pequenos produtores o presente objetivou-se avaliar a influência de diferentes substratos na produção de mudas de meloeiro (Cucumis melo L.), grupo dos inodorus do tipo Amarelo. A variedade de meloeiro utilizada foi o Amarelo, hibrido Titannum, da Syngenta®. O delineamento experimental empregado foi o inteiramente casualizado, com 5 tratamentos e 4 repetições para cada tratamento, totalizando 192 unidades experimentais por tratamento. Os tratamentos foram distribuídos da seguinte forma: T1= fibra de coco; T2= vermiculita + carvão + areia; T3= vermiculita + cama de frango + areia; T4= carvão + cama de frango + areia; T5= vermiculita + carvão + cama de frango + areia. A semeadura foi realizada em bandeja para mudas de poliestireno, com 128 células, nas densidades de uma semente por célula. A irrigação utilizada contou com micro aspersores fixos no teto da casa de vegetação (nebulizadores) com lamina de água de 5mm distribuídas duas vezes ao dia. A coleta de dados foi realizada no 25º dia após semeadura, finalizando assim o período experimental. Nessa etapa, foram avaliados os seguintes parâmetros: Emergência, índice de velocidade de emergência (IVE), altura da parte aérea (Ha), comprimento de raiz (Hr), número de folhas (NF), diâmetro do colmo (DC) e área foliar (AF). Foi realizada análise de variância (ANOVA) e, quando necessário, as médias foram comparadas pelo teste de Tukey ao nível 95% de confiança, usando o auxilio do programa estatístico R®. Houve efeito significativo entre os tratamentos T1, T2 e T5 superiores aos tratamentos T3 e T4, proporcionando um índice de velocidade de emergência (IVG) maior e menor mortalidade, e semelhantes na emergência, com exceção do tratamento T4. A altura de planta atingiu uma maior expressividade no tratamento T5. Observou-se que ao comparar os tratamentos T1 e T2 não foram detectadas diferenças estatísticas entre os tratamentos. O comprimento de raiz fica evidenciado em um maior crescimento no T2, com menor massa seca. Assim, o substrato composto por vermiculita, carvão, cama de frango e areia proporcionou melhor desenvolvimento de mudas de melão tipo Amarelo.
Abstract: Aiming at the production of quality seedlings the substrate is a fundamental part in this activity as it is will define the vitality of the seedling. Consequently mitigating the costs of this operation without compromising the quality of the seedlings is a crucial point for the activity, especially for small producers, group of Yellow inodorus. The melon variety used was Syngenta® Yellow Titannum Hybrid. The experimental design was completely randomized, with 5 treatments and 4 replications for each treatment, totaling 192 experimental units per treatment. The treatments were distributed as follows: T1 = coconut fiber; T2 = vermiculite + coal + sand; T3 = vermiculite + chicken litter + sand; T4 = coal + chicken litter + sand; T5 = vermiculite + charcoal + chicken litter + sand. Sowing was carried out in a 128-cell polystyrene seedling tray at the densities of one seed per cell. The irrigation used had micro sprinklers fixed on the roof of the greenhouse (nebulizers) with 5mm water slide distributed twice a day. Data collection was performed on the 25th day after sowing, thus ending the experimental period. At this stage, the following parameters were evaluated: Emergence, emergence speed index (LVI), shoot height (Ha), root length (Hr), leaf number (NF), stem diameter (DC) and area leaf (AF). Analysis of variance (ANOVA) was performed and, when necessary, the means were compared by the Tukey test at the 95% confidence level using the aid of the R® statistical program. There was a significant effect between T1, T2 and T5 treatments higher than T3 and T4 treatments providing a higher emergency speed index (IVG) and lower mortality and similar emergencies except for T4 treatment. The plant height reached a higher expressiveness in the T5 treatment. When comparing T1 and T2 treatments no statistical differences were detected between treatments. Root length is evidenced by higher growth in T2 with lower dry mass. Thus the substrate composed of vermiculite charcoal chicken litter and sand provided better development of yellow melon seedlings.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9753
Other Identifiers: 20150105696
Appears in Collections:Engenharia Agronômica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC João Manuel Barreto da Costa PT.pdfTrabalho de conclusão de curso do discente João Manuel Barreto da Costa862.58 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons