Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9747
Title: Tratamento das infecções multirresistentes causadas pelo complexo Acinetobacter baumannii utilizando antimicrobianos alternativos e novas combinações - uma revisão da literatura
Authors: Ferreira, Luiz Felipe da Silva
Keywords: Acinetobacter baumannii;Acinetobacter baumannii;Resistência a antibióticos;Resistência a antibióticos;Terapia Combinada;Terapia Combinada
Issue Date: 5-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERREIRA, Luiz Felipe da Silva. Tratamento das infecções multirresistentes causadas pelo complexo Acinetobacter baumannii utilizando antimicrobianos alternativos e novas combinações - uma revisão da literatura. 2019. 24f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Departamento de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Acinetobacter spp. cada vez mais tem implicado em grande variedade de infecções, especialmente em pacientes hospitalizados, imunocomprometidos e com dispositivos médicos instalados. O complexo Acinetobacter baumannii tem posto um grande desafio médico, onde antes era considerado inofensivo, tornou-se um problema grave de saúde pública devido à aquisição de uma grande maquinaria de resistência contra os antimicrobianos disponíveis, afetando principalmente pacientes imunossuprimidos. O presente estudo tem por objetivo mostrar que combinações de fármacos antigos têm sido promissoras em tratar as infecções multirresistentes provocadas por essa bactéria. A metodologia utilizada consistiu em análise crítica de artigos científicos, utilizando as bases de dados do Google Acadêmico, SciELO e PubMed, no período de 2009 a 2018. Foram analisados 24 artigos, nos quais observou-se que Acinetobacter spp. têm emergido como um importante patógeno causador de Infecções hospitalares, demonstrando alto espectro de resistência aos antibacterianos. As combinações e fármacos promissores foram compostos pela minociclina, rifampicina, sulbactam e tigeciclina. Apesar da eficácia comprovada, eles precisam ser analisados em estudos randomizados mais amplos, pois os estudos selecionados utilizaram pequena amostra de pacientes.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9747
Other Identifiers: 2013040212
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TRATAMENTODASINFECÇÕESMULTIRRESISTENTES_FERREIRA_2019Texto Completo269.65 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons