Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9746
Title: Confiabilidade inter-avaliadores e inter-instrumentos nas mensurações do ângulo quadricipital e da pronação subtalar por meio da goniometria manual e fotogrametria computadorizada
Authors: Cândido, Thayse Lourrany Dantas
Keywords: Reprodutibilidade dos testes;Artrometria articular;Fotogrametria
Issue Date: 31-Oct-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CANDIDO, Thayse Lourrany Dantas. Confiabilidade inter-avaliadores e inter-instrumentos nas mensurações do ângulo quadricipital e da pronação subtalar por meio da goniometria manual e fotogrametria computadorizada. 2019. 33f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, RN, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: A medida da amplitude de movimento de uma articulação é um componente essencial na avaliação fisioterapêutica. Alguns instrumentos, como a goniometria manual e fotogrametria computadorizada, vêm sendo utilizados para a sua mensuração, esses devem ser confiáveis, válido e de fácil manuseio. Objetivo: Analisar a confiabilidade inter-avaliadores e inter-instrumentos da medida do ângulo Q e da pronação subtalar através da goniometria manual (GM) e fotogrametria computadorizada (FC). Métodos: A amostra foi composta por 80 voluntárias do sexo feminino, assintomáticas, na faixa etária de 18 a 35 anos de idade. Participaram da pesquisa dois avaliadores (AV1 e AV2) e a avaliação foi composta por quatro etapas sequenciais, que foram realizadas individualmente por cada avaliador. Dentre elas, está a marcação dos pontos anatômicos e de referência, a mensuração e registro da goniometria, o registro da imagem do voluntário com as marcações fixadas ao corpo e a avaliação da imagem pela Software SAPO. Foi calculado o coeficiente de correlação intraclasse (CCI), considerando-se um nível de significância de 5%. Resultados: Os testes de CCI para as medidas interavaliadores demonstrou-se uma correlação regular para a FC nos dois complexos em apoio bipodal e fraca para o unipodal, repetindo-se quando realizada a avaliação com a goniometria para a avaliação da pronação subtalar. Quando realizado o teste para a comparação entre os instrumentos, o CCI apresentou-se regular nos dois apoios. Conclusão: Este estudo concluiu que há uma confiabilidade regular na mensuração do ângulo Q e da pronação subtalar, em apoio bipodal, através da FC e GM, e entre os instrumentos em ambos apoios na avaliação da articulação subtalar.
Abstract: Introduction: Measuring the range of motion of a joint is an essential component in physical therapy evaluation. Some instruments, such as manual goniometry and computerized photogrammetry, have been used for their measurement, they must be reliable, valid and easy to handle. Objective: To analyze the inter-rater and inter-rater reliability of Q-angle and subtalar pronation measurements using manual goniometry (GM) and computerized photogrammetry (HR). Methods: The sample consisted of 80 asymptomatic female volunteers, aged 18 to 35 years old. Two evaluators participated in the research (AV1 and AV2) and the evaluation consisted of four sequential steps, which were performed individually by each evaluator. These include the marking of anatomical and reference points, the measurement and recording of goniometry, the registration of the volunteer's image with the markings attached to the body and the evaluation of the image by SAPO Software. The intraclass correlation coefficient (ICC) was calculated, considering a significance level of 5%. Results: The ICC tests for inter-rater measurements showed a regular correlation for HR in both bipodal and weak for the unipodal support complexes, repeated when goniometry was evaluated for subtalar pronation. When the test for comparing the instruments was performed, the ICC was regular on both supports. Conclusion: This study concluded that there is regular reliability in Q-angle and subtalar pronation measurements, in bipodal support, through HR and GM, and between the instruments in both supports in the evaluation of the subtalar joint.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9746
Other Identifiers: 20150130830
Appears in Collections:FACISA - Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ConfiabilidadeInteravaliadores_Candido_2019.pdf734.36 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons