Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9745
Title: Comparação da capacidade funcional e qualidade de vida em sujeitos diabéticos com e sem doença arterial obstrutiva periférica
Authors: Felix, Pedro Abraão Dias
Keywords: Diabetes Mellitus;Doença arterial obstrutiva periférica;Capacidade funcional;Qualidade de vida
Issue Date: 31-Oct-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FELIX, Pedro Abraão Dias. Comparação da capacidade funcional e qualidade de vida em sujeitos diabéticos com e sem doença arterial obstrutiva periférica. 2019. 52f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, RN, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: A Diabetes Mellitus é uma doença crônica caracterizada por hiperglicemia no sangue. Pode causar diversas complicações, como a Doença Arterial Obstrutiva Periférica (DAOP) onde ocorre diminuição do aporte sanguíneo principalmente em membros inferiores, o sintoma mais comum é a claudicação intermitente que gera dor, sensação de queimação e câimbra nos membros inferiores no exercício cessando em um curto período de repouso. Atualmente, não existem estudos avaliando a capacidade funcional e qualidade de vida em indivíduos diabéticos com e sem DAOP no município de Santa Cruz. Objetivo: Avaliar a capacidade funcional e qualidade de vida em indivíduos diabéticos com e sem DAOP através de diferentes testes de campo. Métodos: O presente estudo trata-se do tipo observacional descritivo, foi realizado na Clínica Escola de Fisioterapia da Faculdade de Ciências da saúde do Trairí. Para avaliação dos participantes foi utilizado ficha sócio demográfica, antropométrica e clínica/funcional, Índice Tornozelo – Braço (ITB), Teste de Caminha de 6 minutos (TC6’), Teste de caminhada incremental, teste da panturrilha e Short Form-36 (SF-36). Resultados: Foram avaliados 20 sujeitos de ambos os sexos, divididos conforme o resultado do ITB em dois grupos. Os indivíduos com DM e DAOP tiveram um pior desempenho nos testes TC6’ e no teste de caminhada incremental, porém sem diferença entre os grupos no teste da panturrilha. Houve diferença significativa entre os grupos nos domínios de capacidade funcional e aspectos sociais do SF-36. Conclusão: A associação de DAOP ao diagnóstico de DM leva a um quadro de incapacidade funcional mais acentuado quando comparados aos sujeitos diabéticos apenas, a QV foi similar entre os grupos.
Abstract: Introduction: Diabetes Mellitus (DM) is a chronic disease characterized by hyperglycemia in the blood. It can cause several complications, such as Peripheral Obstructive Artery Disease where there is a decrease in blood supply mainly in lower limbs, the most common symptom is intermittent claudication that causes pain, burning sensation and cramps in lower limbs during exercise, which cease in a short rest period. Currently, there are no studies evaluating functional capacity and quality of life in diabetic individuals with and without PAD in the municipality of Santa Cruz. Objective: To evaluate functional capacity and quality of life in diabetic individuals with and without PAD through different field tests. Methods: This is a descriptive observational study, which was conducted at the Clinical School of Physiotherapy of the Trairí School of Health Sciences. Participants were assessed using a demographic, anthropometric and clinical / functional form, Ankle - Arm Index (ABI), 6 - minute Walk Test, Incremental Shuttle Walking Test, Heel rise test and SF-36. Results: Twenty subjects of both sexes were evaluated, divided according to the ABI results in two groups. Individuals with DM and PAD had worse performance on the 6MWT and ISWT tests, but with no difference between the HRT groups. There was a significant difference between the groups in the functional capacity domains and social aspects of SF-36. Conclusion: The association of PAD with the diagnosis of DM leads to a more pronounced functional disability when compared to diabetic subjects only, QOL was similar between groups.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9745
Other Identifiers: 2015045325
Appears in Collections:FACISA - Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
comparaçãodacapacidade_Felix_2019.pdf1.09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons