Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/971
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFreitas, Roseana de Almeida-
dc.contributor.authorAraújo, Katyana Medeiros de-
dc.date.accessioned2015-04-22T14:01:20Z-
dc.date.available2015-04-22T14:01:20Z-
dc.date.issued2014-11-27-
dc.identifier.citationARAÚJO, Katyana Medeiros de. Odontoma dos ossos gnáticos: estudo clinicopatológico de 115 casos. 2014. 22f. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014pr_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/971-
dc.descriptionRoseana de Almeida Freitas; Éricka Janine Dantas da Silveira; Patrícia Teixeira de Oliveira.pr_BR
dc.description.abstractIntrodução: Os odontomas (OD) representam os tumores odontogênicos mais comuns. Originam-se de remanescentes epiteliais e ectomesenquimais da odontogênese e são subdivididos em dois tipos: odontoma composto (OC) e odontoma complexo (OCP). Métidos: O objetivo desse estudo foi realizar um levantamento das características clínicopatológicas de uma série de odontomas, buscando possíveis associações entre as características morfológicas e variações do comportamento tumoral. Realizou-se um estudo descritivo, retrospectivo de uma série OD e as variáveis estudadas, dentre outras, compreenderam: tipo de OD, faixa etária, gênero, raça, localização anatômica, achados radiográficos e achados morfológicos. Após a coleta dos dados, os mesmos foram organizados no programa estatístico SPSS na versão 20.0, no qual foi realizada a análise descritiva dos mesmos. Resultados: O OC foi o mais frequente, o gênero feminino foi mais afetado, a raça branca a mais prevalente e a segunda década de vida a faixa etária mais acometida. Quanto à localização nos maxilares, os OC mostraram maior predileção pela região de maxila anterior e os OCP, em mandíbula posterior. Os achados clínicos mais agressivos, quando presentes, foram relacionados à OCP. Conclusão: Os resultados do estudo indicam um perfil de paciente semelhante ao que é descrito na literatura, o atraso na erupção pode ser indicativo da presença dessas lesões.pr_BR
dc.language.isopt_BRpr_BR
dc.publisherOdontologiapr_BR
dc.subjectOdontomapr_BR
dc.subjectMaxilapr_BR
dc.subjectMandíbulapr_BR
dc.subjectTumores odontogênicospr_BR
dc.titleOdontoma dos ossos gnáticos: estudo clinicopatológico de 115 casospr_BR
dc.title.alternativeOdontoma of the gnathic bones: clinicopathological studypr_BR
dc.typeArticlepr_BR
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[2014] Odontoma dos ossos gnáticos estudo clinicopatológico de 115 casos.pdftrabalho de conclusão de curso - odontologia 2014.2280,95 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.