Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9714
Title: Acompanhamento farmacoterapêutico de uma paciente, polimedicada, em uma Farmácia Universitária do Rio Grande do Norte: relato de caso
Authors: Rodrigues, Vanessa Dantas
Keywords: Acompanhamento farmacoterapêutico;Cuidado Farmacêutico;Farmácia Clínica;Farmácia Universitária
Issue Date: 5-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: RODRIGUES, Vanessa Dantas. Acompanhamento farmacoterapêutico de uma paciente, polimedicada, em uma Farmácia Universitária do Rio Grande do Norte: relato de caso. 2019. 39f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Departamento de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2019.
Portuguese Abstract: O acompanhamento farmacoterapêutico pode ser definido como serviço pelo qual o farmacêutico avalia as condições de saúde do paciente com o intuito de prevenir e resolver problemas relacionados a farmacoterapia. A Farmácia Universitária da Universidade Federal do Rio Grande do Norte foi pioneira no Brasil, criada em 1962, e reinaugurada em 2014. A paciente M.S.S, 72 anos, participou do acompanhamento farmacoterapêutico durante o período de agosto a outubro de 2019, onde foram realizadas três consultas. O objetivo desse relato de caso é apresentar as atividades realizadas durante o acompanhamento farmacoterapêutico de uma paciente polimedicada vinculada a uma Farmácia Universitária. A metodologia de seguimento farmacoterapêutico usada é uma da adaptação do método Dáder com o objetivo e orientar, organizar e documentar a prática clínica. M.S.S faz uso de 16 medicamentos, 14 por via oral e 2 por via tópica. É diagnosticada com artrite reumatoide, fibromialgia, intolerância à lactose, colite, gota, hipertensão e diabetes. Foram detectados 15 RNMs, 5 automedicações, a partir disso realizou-se 13 intervenções, sendo 7 aceitas pela paciente. Esta relatou melhora das dores no corpo e da frequência de diarreias. Por fim, espera-se que mais resultados sejam alcançados à medida que a relação de confiança entre o farmacêutico e a paciente sejam aperfeiçoadas, uma vez que este é corresponsável pela tomada de decisões.
Abstract: Pharmacotherapeutic follow-up can be defined as a service whereby the pharmacist evaluates the patient's health conditions in order to prevent and solve problems related to pharmacotherapy. The University Pharmacy of the Federal University of Rio Grande do Norte was a pioneer in Brazil, created in 1962 and reopened in 2014. The patient MSS, 72 years old, participated in the pharmacotherapeutic follow-up during the period from August to October 2019, where three were performed. consultations. The objective of this case report is to present the activities performed during the pharmacotherapeutic follow-up of a polymedicated patient linked to a University Pharmacy. The pharmacotherapeutic follow-up methodology used is one of adapting the Dáder method in order to guide, organize and document clinical practice. M.S.S uses 16 medicines, 14 orally and 2 topically. It is diagnosed with rheumatoid arthritis, fibromyalgia, lactose intolerance, colitis, gout, hypertension and diabetes. Fifteen MRIs were detected, 5 self-medications, from which 13 interventions were performed, 7 of which were accepted by the patient. This reported improvement in body aches and the frequency of diarrhea. Finally, more results are expected to be achieved as the trust relationship between the pharmacist and the patient is improved, as this is co-responsible for decision making
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9714
Other Identifiers: 2013037558
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ACOMPANHAMENTOFARMACOTERAPÊUTICO_RODRIGUES_2019.pdfTexto Completo890.07 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.