Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/970
Título: Plano de ação para implantação da A3P no Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte
Autor(es): Carvalho, Aimê Araújo de
Palavras-chave: Gestão socioambiental;Sustentabilidade;A3P;5W2H
Data do documento: 9-Jun-2014
Editor: Administração
Referência: CARVALHO, Aimê Araújo de. Plano de ação para implantação da A3P no Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte. 2014. 57f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia), Departamento de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Abstract: A administração pública tem a responsabilidade de contribuir no enfrentamento das questões ambientais, sempre em busca de soluções e estratégias inovadoras que repensem os atuais padrões de produção e consumo, e estejam de acordo com as questões sociais e ambientais. Diante dessa necessidade, as instituições públicas têm sido motivadas a buscar novas estratégias e assim, implementar iniciativas especificas e desenvolver projetos que promovam a discussão sobre o desenvolvimento e a adoção de uma política de responsabilidade socioambiental do setor público. A Agenda Ambiental na Administração Pública surge como uma solução para essa necessidade. O programa é voltado para o incentivo e implantação da gestão ambiental nos órgãos públicos. Dessa forma o presente trabalho procurou elaborar um plano de ação para a implantação da A3P no Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte. O trabalho realizou um estudo do tipo exploratório descritivo, para tanto foi realizado um estudo de caso no TCE-RN com aplicação de questionários com perguntas fechadas com os funcionários efetivos e entre alguns gestores. A pesquisa permitiu identificar fatores que contribuem com a falta de comprometimento de alguns funcionários com o desperdício de recursos. Assim, foi elaborado o passo a passo para implantação do programa, julgando-se imprescindível e visivelmente útil para mudanças de hábitos dentro da instituição, e assim minimizar impactos sociais e ambientais gerados pelo órgão.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/970
Aparece nas coleções:Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Planodeacao_Carvalho_2014Texto completo645,21 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons