Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9697
Title: Avaliação das manifestações patológicas dos viadutos da Urbana e do Anel Viário Parnamirim/Natal, através da aplicação das metodologias de inspeção GDE adaptada para OAE e da Norma DNIT 010/2004 – PRO
Authors: Souza, Alexandre Magno Fernandes
Keywords: Pontes e viadutos.;Bridges and viaducts.;Metodologias de inspeção.;Methodologies of inspection.;Concreto armado.;Reinforced concrete.;Durabilidade.;Durability.
Issue Date: 22-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUZA, Alexandre Magno Fernandes. Avaliação das manifestações patológicas dos viadutos da Urbana e do Anel Viário Parnamirim/Natal, através da aplicação das metodologias de inspeção GDE adaptada para OAE e da Norma DNIT 010/2004 – PRO. 2019. 115 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Centro de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Este trabalho tem como principal objetivo a inspeção e classificação, com relação ao nível de deterioração dos viadutos da Urbana e do Anel Viário Parnamirim/Natal, localizados na região metropolitana de Natal-RN, com a utilização da metodologia GDE e da Norma DNIT 010/2004 – PRO. Pontes e viadutos são elementos indispensáveis ao bom funcionamento econômico de um país como o Brasil, e para a durabilidade dessas estruturas são necessárias inspeções frequentes e manutenções pontuais. Para orientar as inspeções, existem normas como a DNIT 010/2004 – PRO, a NBR 9452 (2016) e também a metodologia GDE. Foram realizadas visitas aos viadutos e as principais patologias foram identificadas e fotografadas. Com esses dados, foi possível a aplicação da metodologia GDE e da Norma DNIT 010/2004 – PRO em ambos os viadutos. A partir de inspeção visual foi possível perceber que os viadutos se encontravam em bom estado de conservação, apenas apresentando alguns problemas pontuais. A aplicação da metodologia GDE resultou em grau de deterioração de 30 para o viaduto da Urbana, e de 24 para o viaduto de Parnamirim, resultando em nível médio de deterioração, recomendando-se programar intervenção em no máximo 36 meses. Já com relação à Norma DNIT 010/2004 – PRO o Viaduto da Urbana recebeu nota 3, classificando-o como “obra potencialmente problemática”, enquanto o Viaduto de Parnamirim recebeu nota 4, classificando-o como “obra sem problemas importantes”. Na comparação das duas metodologias, a do DNIT demonstra ser bem mais subjetiva, dependendo muito mais da experiência do avaliador. A metodologia GDE apresenta um passo a passo balizado por tabelas de índices e expressões matemáticas, que a tornam bem mais objetiva e com resultados mais consistentes.
Abstract: This research has as its main objective the inspection and classification regarding the level of deterioration of the Urbana and Parnamirim/Natal viaducts, located in the metropolitan area of Natal-RN, using the GDE methodology and DNIT 010/2004 – PRO standard. Bridges and viaducts are indispensable elements for the good economic functioning of a country like Brazil, and the durability of these structures requires frequent inspections and maintenance. To guide the inspections, there are standards such as DNIT 010/2004 – PRO, NBR 9452 (2016) and also the GDE methodology. Visits to the viaducts were carried out and the main pathologies were identified and recorded in an inspection book and with photographs. With this data, it was possible to apply the GDE methodology and DNIT 010/2004 – PRO Standard in both viaducts. From visual inspection it was possible to notice that the viaducts were in a good state of preservation, only presenting some specific problems. The application of the GDE methodology resulted in a deterioration degree of 30 for the Urbana viaduct and 24 for the Parnamirim viaduct, resulting in a medium level of deterioration, recommending intervention in a maximum of 36 months. Regarding DNIT 010/2004 – PRO, the Urbana Viaduct received a grade of 3, classifying it as a “potentially problematic structure”, while the Parnamirim Viaduct received a grade of 4, classifying it as a “structure without major problems”. In comparing the two methodologies, DNIT’s proves to be much more subjective, depending much more on the evaluator's experience. The GDE methodology presents a step-by-step approach based on tables of indexes and mathematical expressions, which make it much more objective and with consistent results.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9697
Other Identifiers: 2012982450
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - Alexandre Magno.pdf8.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.