Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9689
Title: Análise dos gastos com pessoal na Secretaria de Saúde do município de Macaíbano período de 2016 a 2018
Authors: Albuquerque, Ilana Chiarelli de Azevedo
Keywords: Despesa com pessoal;Lei de Responsabilidade Fiscal;Município de Macaíba
Issue Date: 27-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ALBUQUERQUE, Ilana Chiarelli de Azevedo. Análise dos gastos com pessoal na secretaria de saúde do município de Macaíba no período de 2016 a 2018. 2019. 41f. Monografia (Graduação em Ciências Contábeis) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Este trabalho tem como objetivo principal promover uma análise da despesa com pessoal da Secretaria Municipal de Saúde do Município de Macaíba no orçamento da pasta e do município no período compreendido entre os anos de 2016 a 2018. Para tanto, a metodologia utilizada foi a técnica de mensuração matemática e percentual dos gastos com pessoal da Secretaria de Saúde em relação às despesas totais com pessoal do município, às despesas correntes da Secretaria Municipal de Saúde e à receita corrente líquida, a partir dos relatórios de gestão fiscal e do relatório resumido da execução orçamentária coletados no portal da transparência. Os dados coletados para mensurar e comparar os gastos foram a receita realizada e a despesa empenhada até o 6º bimestre de cada ano analisado, a receita corrente líquida ajustada, a despesa total com pessoal e encargos sociais do município e as despesas correntes e as despesas com pessoal e encargos da Secretaria Municipal de Saúde, entre os anos de 2016 e 2018. Os resultados obtidos a partir da análise desses, evidenciou que a despesa com pessoal na Secretaria de Saúde tem um impacto orçamentário no limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal na ordem de 13,58%, 14,74% e 15,04%, respectivamente nos exercícios de 2016, 2017 e 2018. Logo, conclui-se que o gasto com pessoal e encargos na Secretaria de Saúde tem participação relevante no limite total de gastos com pessoal permitido do município. Estes resultados corroboram a as teorias apresentadas no referencial teórico, as quais denotam a necessidade de controle e equilíbrio das contas públicas, mediante o cumprimento de metas de resultados entre receitas e despesas e a obediência a limites e condições legalmente estabelecidos, mediante a estruturação de um Estado eficiente e apto a intervir na correção de falhas de falhas de mercado no intuito de promover melhorias na distribuição de renda, sem, contudo, gerar óbices para o crescimento econômico sustentável da máquina estatal e do próprio município.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9689
Other Identifiers: 2015039060
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GastosPessoalSecretaria_Albuquerque_2019302.02 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons