Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/967
Título: Reabsorções cervicais invasivas múltiplas – relato de caso
Título(s) alternativo(s): Invasive Cervical Resorption Multiple - Case Report
Autor(es): Medeiros, Vanessa Flávia de Azevedo
Palavras-chave: Reabsorção de dente;Cárie radicular/etiologia;Radiografia dentária;Diagnostico bucal
Data do documento: 19-Nov-2014
Editor: Odontologia
Referência: MEDEIROS, Vanessa Flávia de Azevedo. Reabsorções cervicais invasivas múltiplas – relato de caso. 2014. 24f. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Abstract: Reabsorção cervical invasiva (RCI) é uma forma progressiva e agressiva de destruição da estrutura dental que ocorre na junção amelocementária por ação de células clásticas. Mais comumente conhecida ao envolver dentes isolados, a reabsorção cervical pode acometer vários dentes, tornando-se rara e pouco conhecida na literatura, sendo denominada de Reabsorção cervical invasiva múltipla (RCIM). A etiologia permanece obscura e indefinida, principalmente porque os indivíduos afetados são frequentemente saudáveis e não apresentam história médica e/ou odontológica contributivas com o quadro patológico, porém acredita-se que alguns fatores como tratamento ortodôntico, trauma e clareamento dentário podem ser predisponentes para o desenvolvimento de tal condição. Este artigo apresenta a descrição de um caso clínico de RCIM, que foram inicialmente confundidas com cárie radicular. O paciente não possuía características clínicas visíveis, e devido à ausência de sintomas, o diagnóstico foi dado por meio de exames radiográficos de rotina e laboratoriais, posteriormente complementados por tomografia computadorizada que possibilitou uma análise tridimensional das áreas afetadas, auxiliando a conduta a ser tomada. O tratamento para estes casos inclui tanto ações que objetivam cessar o processo de reabsorção como também de reparar o dano já ocorrido, porém em estágios de reabsorção severa somente a exodontia é possível, sendo o material encaminhado para análise histopatológica com vistas a uma melhor compreensão a cerca do diagnóstico e tratamento desta patologia. O prognóstico permanece incerto e obscuro, dependendo essencialmente do estágio, extensão e agressividade da lesão.
Descrição: Maria Cristina dos Santos Medeiros; Patricia Teixeira de Oliveira;
URI: http://monografias.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/967
Aparece nas coleções:Odontologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
[2014] Reabsorções Cervicais Invasivas Múltiplas – Relato De Caso.pdftrabalho de conclusão de curso - odontologia 2014.21,83 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.