Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9613
Title: Fatores determinantes para a má qualidade do sono em Unidades de Terapia Intensiva: uma revisão
Authors: Silva, Marina Tafuri e
Keywords: sono;qualidade do sono;unidade de terapia intensiva
Issue Date: 20-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Marina Tafuri e. Fatores determinantes para a má qualidade do sono em Unidades de Terapia Intensiva: uma revisão. 18 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Uma boa qualidade do sono é fundamental para manter o bem-estar e a saúde física e mental. O sono de pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) é frequentemente descrito como insuficiente e fragmentado, com predomínio do sono leve e pouco tempo nas fases do sono reparador. A má qualidade do sono neste ambiente tem causa multifatorial e envolve fatores extrínsecos, fatores intrínsecos e fisiopatológicos. O objetivo deste trabalho é revisar a literatura acerca da qualidade do sono em pacientes críticos a fim de identificar quais os fatores determinantes para a má qualidade do sono em UTIs. Para isso foi realizada uma revisão nas bases de dados eletrônicas, via PubMed, utilizando os descritores: sono, qualidade do sono e unidade de terapia intensiva. Foram encontrados 604 artigos dos quais apenas 6 contemplaram todos os critérios de inclusão para este estudo. Os artigos apontam a multifatoriedade dos estressores do sono em UTI e evidenciam fatores extrínsecos – ruídos, iluminação constante e intervenções assistenciais; fatores intrínsecos – distúrbios do sono pré-existentes, ansiedade e dor; e fisiopatológicos – disfunções orgânicas e psicose. Com a análise da literatura encontrada foi possível observar que o sono do paciente crítico é significativamente interrompido em UTIs devido às condições do paciente e aos fatores inerentes ao ambiente de terapia intensiva. Devido à complexidade do sono, sua análise no paciente crítico ainda é escassa e, portanto, requer maiores estudos. Todavia, a necessidade da melhoria da qualidade do sono na UTI é indiscutível e, para isso, toda a equipe de saúde deve estar envolvida para atuar na minoração dos estressores do sono e propiciar um ambiente favorável à uma boa qualidade do sono.
Abstract: A good sleep quality is essential to the well-being and to physical and mental health. Intensive Care Unit (ICU) patients’ sleep is often described as insufficient and fragmented with larger periods of light sleep and short periods of restorative sleep. Poor sleep quality in this environment is caused by multiple factors and involves extrinsic, intrinsic and both pathological and physiological factors. The aim of this study is to review the literature on sleep quality in critically ill patients to identify the main aspects that are determinant for poor sleep quality in ICUs. A research was done in the PubMed electronic database, using the descriptors: sleep, sleep quality and intensive care unit, where 604 articles were found but only 6 included all the main criteria for this study. The articles reveal the multiple factors of ICU sleep stressors and point out extrinsic factors – noise, constant illumination and care interventions; intrinsic factors – pre-existing sleep disorders, anxiety and pain; as well as pathophysiological factors – organic dysfunctions and psychosis. By analyzing the literature in question, it was possible to observe that the sleep of critically ill patients is significantly interrupted in ICUs due to the patient's conditions and factors that are inherent to the intensive care environment. Due to the complexity of sleep, its analysis in critically ill patients is still scarce and therefore requires further studies. However, the need to improve sleep quality in the ICU is unquestionable, hence all healthcare professionals must be involved to reduce sleep stressors and provide a favorable environment to good sleep quality.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9613
Other Identifiers: 2015080422
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fatoresdeterminantesparaamáqualidadedosono_SILVA_2019Texto Completo370.76 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.