Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9584
Title: Extração e uso da fração lipídica de resíduo de pó de café: alternativa sustentável e de baixo custo para a produção de biodiesel
Authors: Santos, Fabíola Beserra dos
Keywords: Pó de café residual;Biodiesel;Biocombustível;Óleo;Energia Renovável
Issue Date: 14-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTOS, Fabíola Beserra dos. Extração e uso da fração lipídica de resíduo de pó de café: alternativa sustentável e de baixo custo para a produção de biodiesel. 2019. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Centro de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A produção de combustíveis oriundos de fontes renováveis alternativas como biomassas e resíduos agroindustriais tem apresentado grande destaque na contribuição da perspectiva de redução da liberação de gases do efeito estufa e outros poluentes. O biodiesel é um recurso energético biodegradável, renovável e que obedece ao ciclo do carbono, apresentando ésteres graxos que podem ser obtidos de diferentes fontes oleaginosas, incluindo óleos vegetais e gorduras animais. Uma das formas de obtenção de ésteres de matéria residual é utilizando o pó de café residual, que contém um teor considerável de fração lipídica, cuja composição química é de grande importância, devido à relação existente entre os conteúdos saturados e insaturados. O Brasil é o maior produtor de café mundial, atendendo a 36% de todo café produzido em todo o mundo e, o brasileiro apresenta consumo seis vezes superior à média global. A borra deste café apresenta quantidades consideráveis de material lipídico, sendo descrito na literatura como detentor de grande potencial para a produção de ésteres metílicos. O presente trabalho avaliou o processo de extração química de fração lipídica a partir de pó de café residual, em extrator söxhlet, empregando hexano como solvente. O teor de fração lipídica encontrado em triplicata nas amostras foi de aproximadamente 15,5%. O fração lipídica extraído (bruto) foi caracterizado pelas suas propriedades físico-químicas e por espectroscopia na região do infravermelho com transformada de Fourier, que revelaram o seu potencial para ser utilizado como matéria-prima para a produção de ésteres metílicos, proporcionando assim, a síntese desse fração lipídica. Para a obtenção dos ésteres metílicos dos ácidos graxos foi realizado uma pré-transesterificação, composta por degomagem e neutralização das amostras e, respectivamente, a síntese por rota metílica em meio básico. Por fim, foi avaliado quanto a sua lubricidade na Sonda de Movimento Alternado sob Alta Frequência (HFRR), análises termogravimétricas e índice de acidez. Embora o índice de acidez não tenha se apresentado em conformidade, a pó de café residual comprovou ser uma matéria-prima de alto potencial e baixo custo para a obtenção de um biocombustível.
Abstract: The production of fuels from alternative renewable sources such as biomass and agroindustrial waste received great prominence in the contribution from the perspective of reducing the release of greenhouse gases and other pollutants. Biodiesel is a biodegradable, renewable, carbon-cycle energy resource with fatty esters that can be obtained from different oil sources, including vegetable oils and animal fats. One way to obtain esters of the residual matter is by using coffee powder, which contains a considerable oil content, whose chemical composition is of great importance due to the relationship between saturated and unsaturated contents. Brazil is the largest coffee producer in the world, serving 36% of all coffee produced worldwide, and the Brazilian has consumption six times higher than the global average. Coffee sludge (residual dust) has considerable amounts of lipid material and has been described in the literature as having great potential for biodiesel production. The present work evaluated the chemical extraction process of oil from residual coffee powder in söxhlet extractor employing hexane as solvent. The oil content found in triplicate in the samples was approximately 15.5%.The extracted (crude) oil was characterized by its physicochemical properties and Fourier transform infrared spectroscopy, which revealed its potential to be used as a raw material for biodiesel production. To obtain the fatty acid methyl esters, a pre-transesterification was performed, consisting of degumming and neutralization of the samples and, respectively, the synthesis by methyl route in basic medium. Finally, the lubricity was evaluated through the High Frequency Reciprocating Test Rig (HFRR), thermogravimetric analysis and acidity index. Although the acidity index did not present itself accordingly, coffee grounds proved to be a high potential and low cost raw material for obtaining a biofuel.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9584
Other Identifiers: 20180153890
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Extraçãoeuso_Monografia.pdfTCC-2019.2876.38 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.