Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9509
Title: Análise wavelet em curvas de luz de binárias eclipsantes da missão Kepler
Authors: Pinto, Igor Hugo Barbosa
Keywords: Estrelas Binárias;Transformada wavelet;Variabilidade
Issue Date: 26-Jun-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PINTO, Igor Hugo Barbosa. Análise wavelet em curvas de luz de binárias eclipsantes da missão Kepler. 2018. 50 f. TCC (Graduação) - Curso de Física, Departamento de Física Teórica e Experimental, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: As estrelas binárias formam um ótimo laboratório da astronomia observacional para o estudo de variabilidade e evolução estelar. Este trabalho descreve o processo tomado para analisar sistemas binários da missão Kepler, KIC 8111622 e KIC 8197761, previamente reportados na literatura. Ambos os sistemas possuem variabilidade, além dos eclipses. O primeiro sistema apresenta rotação e atividade magnética, com período de rotação de P = 6,41 dias, e o segundo demonstra característica de uma pulsante do tipo Doradus, indicando pulsação de P = 0,95 dias. Para essas binárias eclipsantes, foram realizados os diagramas de fase. O procedimento wavelet tem se mostrado cada vez mais interessante no estudo da variabilidadede estelar, pois ele nos permite analisar dados com uma riqueza de detalhes e identificar comportamentos distintos para os diferentes fenômenos associados às estrelas. Através desse procedimento, foram calculados os mapas wavelet locais (entendido como sendo a distribuição de energia do sinal no decorrer do tempo) e os espectros globais (integração temporal do mapa local), com o intuito de analisar a variabilidade além dos eclipses e determinar periodicidades relacionadas à rotação e atividade magnética, como também à pulsação desses sistemas. A wavelet Morlet de 6a ordem foi aplicada para gerar esses mapas, pois ela fornece uma ótima resolução em tempo e frequência.
Abstract: Binary stars form a great observational astronomy lab to the study of stellar variability and stellar evolution. This work describes the process taken to analyse binary systems from the Kepler Mission, KIC 8111622 e KIC 8197761, which have already been reported in literature. Both systems have variability besides the eclipses. The first system presents rotation and magnetic activity, with a rotation period of P = 6.41 days, the second one shows characteristics of a pulsating star of the type Doradus, indicating a pulsating period of P = 0.95 days. For those eclipsing binaries, were made the phase diagrams. The procedure wavelet has become increasingly interesting to the study of stellar variability, because it allows us to analyse data with such great details and identify distinct behaviour to the di erent phenomenons associated with the stars. Through this procedure, the local wavelet maps (understood as the energy distribution of the signal during the time) and the global spectra (temporal integration of the local map) were computed, in order to analyse the variability besides the eclipses and to determinate periodicities related with rotation and magnetic activity, as well as pulsation of these systems. The Morlet wavelet of 6th order was used to generate those maps, since this order provides a high resolution in time and frequency.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9509
Other Identifiers: 2014039717
Appears in Collections:Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Igor Hugo.pdfTCC - Igor Hugo13.44 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons