Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9488
Title: Desenvolvimento de carreadores lipídicos nanoestruturados contendo fração oleosa da Bixa orellana L. como alternativa terapêutica no tratamento da leishmaniose cutânea
Other Titles: Development of Nanostructured Lipid Carriers containing Bixa Orellana L. oily fraction as a therapeutic alternative in the treatment of cutaneous Leishmaniasis
Authors: Leite, Aliana Monteiro
Keywords: Carreadores Lipídicos Nanoestruturados;Leishmaniose;Laponita®;Óleo de Urucum
Issue Date: 5-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LEITE, Aliana Monteiro. Desenvolvimento de carreadores lipídicos nanoestruturados contendo fração oleosa da Bixa orellana L. como alternativa terapêutica no tratamento da leishmaniose cutânea. 2019. 83 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Departamento de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A leishmaniose é considerada uma doença negligenciada de caráter mundial causada pelo protozoário Leishmania spp, podendo ter manifestações clínicas nas mucosas, pele ou vísceras e sendo sua principal predominância em países tropicais e subdesenvolvidos, como por exemplo, o Brasil. O tratamento da doença consiste na utilização de medicamentos de elevados efeitos adversos e muitas vezes não efetivos, como o Glucantime, Anfotericina B e as Pentamidinas. Com o objetivo de desenvolver uma alternativa terapêutica, uma nova substância têm sido estudada, o óleo extraído da semente do urucum (OU), o qual é incorporado a Carreadores Lipídicos Nanoestruturados (CLN’s) mais argila Laponita®, constituindo assim em um sistema de liberação controlada, estável e capaz de veicular a fração oleosa da Bixa orellana L. As amostras produzidas em laboratório foram analisadas quanto ao tamanho, polidispersão (PDl), potencial zeta e morfologia das nanopartículas, e medidas de calorimetria exploratória de varredura (DSC), termogravimetria (TG), espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier (FTIR) e difração de raios X (DRX). Os resultados obtidos mostraram que foi possível a obtenção dos CLN’s pelo método de fusão-emulsificação, mostrando tamanho de partícula variando entre 127,63 ± 1,10 e 186,63 ± 1,31, polidispersão menor que 3 e potencial zeta entre -16,23 mV ± 0,60 e -42,73 mV ± 0,29. As formulações contendo Laponita® apresentaram uma boa estabilidade durante o tempo de armazenamento. A análise termogravimétrica demonstrou que a perda de massa das amostras ocorre em temperaturas superiores a 200ºC. As análises de DSC e DRX permitiram avaliar o comportamento cristalino dos nanosistemas. Os resultados obtidos demonstram um sistema estável e que poderá ser testado como uma alternativa de tratamento contra leishmaniose cutânea.
Abstract: Leishmaniasis is considered a worldwide neglected disease caused by the protozoan Leishmania spp, and may have clinical manifestations in mucous membranes, skin or viscera and its main predominance in tropical and underdeveloped countries, such as Brazil. The treatment of the disease is the use of drugs with high adverse effects and often ineffective, such as Glucantime, Amphotericin B and Pentamidines In order to develop a therapeutic alternative, a new substance has been studied, the oil extracted from annatto seed (OU), which is incorporated into Nanostructured Lipid Carriers (CLN's) plus Laponita® clay, thus constituting a release system. Controlled, stable and capable of conveying the oily fraction of Bixa orellana L. The laboratory samples were analyzed for size, polydispersion (PDl), zeta potential and nanoparticle morphology, and exploratory scanning calorimetry (DSC), thermogravimetry (TG), Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR) and X-ray diffraction (XRD). The results showed that it was possible to obtain the CLNs by the fusion-emulsification method, showing particle size ranging from 127.63 ± 1.10 to 186.63 ± 1.31, polydispersion less than 3 and zeta potential between -16. , 23 mV ± 0.60 and -42.73 mV ± 0.29. Laponita® containing formulations exhibited good stability during shelf life. Thermogravimetric analysis showed that mass loss occurs at temperatures above 200ºC. DSC and XRD analyzes allowed to evaluate the crystalline behavior of nanosystems. The results show a stable system that can be tested as an alternative treatment against cutaneous leishmaniasis.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9488
Other Identifiers: 2014094835
Appears in Collections:Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DESENVOLVIMENTOCARREADORES_LEITE_2019.pdf1.88 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons