Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9482
Title: Principais tipos de palmilhas descritos na literatura e sua aplicabilidade para alterações musculoesqueléticas dos membros inferiores: revisão de estudos clínicos.
Authors: Bezerra, Felipe Augusto de Medeiros
Keywords: Órtese plantar, dor, marcha, palmilhas
Issue Date: 7-Oct-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BEZERRA, Felipe Augusto de Medeiros. Principais tipos de palmilhas descritos na literatura e sua aplicabilidade para alterações musculoesqueléticas dos membros inferiores: revisão de estudos clínicos. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2019.
Portuguese Abstract: Objetivo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a existência de avaliação prévia para a prescrição da palmilha nas disfunções musculoesqueléticas nos membros inferiores. Métodos: Para isso, dois pesquisadores de forma independente e cega procederam uma busca nas bases de dados PubMed, SciELO, Bireme, MEDLINE, Lilacs,PEDro, Cochrane Library e Web off Science, entre junho e julho de 2018, a partir da seguinte equação de busca: (insoles[AllFields] AND ("footorthoses"[MeSHTerms] OR ("foot"[AllFields] AND "orthoses"[AllFields]) OR "footorthoses"[AllFields])) AND ClinicalTrial[ptyp]. Foram incluídos ensaios clínicos aleatorizados ou não-aleatorizados, no qual pelo menos um grupo de intervenção foi submetido ao uso de palmilhas e que tinham como amostra indivíduos com algum tipo desordem musculoesquelética. Resultados: Dos 227 documentos identificados, 26 foram inclusos nesta revisão. Foi possível encontrar 16 estudos com avaliação prévia, além disso, observar resultados satisfatórios nos desfechos dor, função física e qualidade de vida nas diferentes disfunções analisadas do membro inferior, além de mostrar a importância da avaliação prévia para a utilização da palmilha. Contudo, no que diz respeito à prevenção, foi observado que as palmilhas não se mostraram eficazes para prevenir lesões de membros inferiores em indivíduos saudáveis. Conclusão: Verificou-se que na maioria dos estudos em que os resultados foram positivos houve uma avaliação prévia à prescrição da palmilha. De maneira geral, sugere-se a realização de mais estudos com métodos mais precisos e que incluam avaliação prévia à prescrição.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9482
Other Identifiers: 2014064845
Appears in Collections:FACISA - Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Principaistiposdepalmilhas_Augusto_2019.pdf716.5 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.