Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/948
Title: Prescrição de fitoterápicos por estudantes dos cursos de odontologia das universidades públicas do Rio Grande do Norte
Authors: Souza, Liziane Raylanne Gomes de
Keywords: Fitoterapia;Plantas medicinais;Terapias complementares;Estudantes de odontologia
Issue Date: 1-Dec-2014
Publisher: Odontologia
Citation: SOUZA, Liziane Raylanne Gomes de. Prescrição de fitoterápicos por estudantes dos cursos de odontologia das universidades públicas do Rio Grande do Norte. 2014. 21 f. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Abstract: Objetivo: Investigar a prescrição de fitoterápicos por alunos dos cursos de Odontologia das universidades públicas do Rio Grande do Norte. Além disso, busca conhecer se, durante a graduação desses estudantes, houve algum embasamento teórico-prático sobre esse assunto, bem como averiguar quais as dificuldades e expectativas diante da prescrição desses fármacos vegetais e as possíveis fontes informacionais não acadêmicas utilizadas na busca de informações sobre a prática. Método: Participaram deste estudo 37 estudantes vinculados à UFRN e 21 estudantes vinculados à UERN no último período dos seus respectivos cursos, selecionados por conveniência. Para tanto, um estudo transversal e exploratório foi realizado, através de um questionário semi-estruturado. Os dados foram analisados através de estatística descritiva considerando-se um nível de significância de 5%. Resultados: Constatou-se um predomínio de indivíduos sem expectativa ao uso de fitoterápicos, sem experiência clínica e também aqueles com alguma dificuldade para prescrever os fitomedicamentos. Evidenciou-se variações estatisticamente significativas para as disciplinas de Microbiologia e Imunologia Oral e Cariologia na UFRN, e Farmacologia na UERN quando associadas à discussão sobre o uso de fitoterápicos nas duas instituições. A pesquisa também demonstrou que uma parcela pequena dos estudantes utilizou alguma fonte não acadêmica para a obtenção de informações acerca da fitoterapia. Verificou-se que apenas havia relação entre a expectativa frente ao uso da Fitoterapia e a instituição de ensino do entrevistado e que a associação com a idade apresentou-se no limiar de significância. Conclusão: Os discentes dos cursos de Odontologia das universidades públicas do Rio Grande do Norte não possuem qualquer expectativa frente ao uso de fitoterápicos como resultado da escassez de informações recebidas ao longo da graduação e ingressam no mercado de trabalho sem uma base sólida para indicar e, consequentemente, prescrever tais medicamentos de maneira correta e segura.
Description: Kenio Costa de Lima; Ruthineia Diogenes Alves Uchoa Lins; Maria Regina Macedo Costa
URI: http://monografias.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/948
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[2014] Prescrição de fitoterápicos por estudantes dos cursos de odontologia.pdftrabalho de conclusão de curso - odontologia 2014.2480.33 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.