Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9463
Title: Avaliação e manejo fisioterapêutico da síndrome da dor trocantérica maior: revisão integrativa
Authors: Silva, Erislane Natália de Oliveira
Silva, Erislane Natália de Oliveira
Keywords: Tendinopatia glútea. Dor trocantérica maior. Tratamento conservador. Reabilitação.
Issue Date: 18-Jun-2019
18-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Erislane Natália de Oliveira. Avaliação e manejo fisioterapêutico da síndrome da dor trocantérica maior: revisão integrativa. 2019. 35f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Santa cruz, 2019.
Portuguese Abstract: A síndrome da dor trocantérica maior (SDGT) é uma causa de dor lateral no quadril com sensibilidade local, que envolve alterações nos glúteos médio e mínimus, considerada incapacitante e com limitação funcional grave, a repercussão dessa situação de saúde pode ser muito debilitante, interferindo diretamente no desempenho de tarefas funcionais. Este estudo tem como objetivo analisar na literatura científica, as estratégias indicadas no tratamento conservador para o manejo da dor, e relacionar os testes utilizados na avaliação e diagnóstico da SDGT. A pesquisa constitui uma revisão integrativa da literatura, mediante busca de artigos científicos nas bases de dados Pubmed, Cochrane Library, Medline, PEDro, Scielo, Portal Regional da BVS, ScienceDirect, sendo utilizados artigos dentro do recorte temporal 2014 a 2019, onde os termos utilizados na busca foram: Gluteal tendinopathy and treatment conservative, greater trochanteric pain and rehabilitation, greater trochanteric pain syndrome, syndrome trochanteric and treatment conservative, physiotherapy and tendinopathy gluteal, physiotherapy on pain greater trochanteric, gluteal tendinopathy rehabilitation or greater trochanteric pain, gluteal tendinopathy and management, nos idiomas inglês e português. A busca contemplou 213 artigos, quanto à amostragem e análise dos dados, foram feitas análises do título e resumos (n=213 artigos), sendo incluídos neste estudo aqueles que contemplaram os critérios previamente estabelecidos, divididos em artigos relacionados a tratamento conversador e tratamento combinado (n=4), e relacionados a testes provocativos clínicos para SDGT (n=9). As categorias de tratamento conservador e combinado demonstraram ser benéficas para a dor e funcionalidade, quando associadas ou não a injeções de corticosteroides. Conclusão: O programa de exercícios em conjunto com o gerenciamento dos tendões glúteos é eficaz tanto em curto quanto em longo prazo para o alívio da dor e melhora da funcionalidade, e os testes clínicos mostraram ser eficientes na avaliação e diagnóstico da SDGT.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9463
Other Identifiers: 2011004852
2011004852
Appears in Collections:FACISA - Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliação e manejo fisioterapêutico da síndrome da dor trocantérica maior_Silva_2019.pdf484.41 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons