Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9381
Title: Avaliação dos cursos de Medicina no Brasil quanto à valorização da Atenção Primária à Saúde
Other Titles: Evaluation of medicine courses in Brazil as regards the valuation of primary care
Authors: Câmara, Michaell César de Araújo
Keywords: Educação Médica - Currículo médico - Atenção Primária à Saúde;Medical Education - Medical Curriculum - Primary Health Care
Issue Date: 27-Nov-2017
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CÂMARA, Michaell César de Araújo. Avaliação dos cursos de Medicina no Brasil quanto à valorização da Atenção Primária à saúde. 2017. 18f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina). Departamento de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Nos últimos anos, constatou-se a necessidade de reorganização dos currículos dos cursos de medicina buscando formar profissionais capazes de efetivar os princípios da Atenção Primária à Saúde (APS) no que concerne ao atendimento voltado para as necessidades da população, tendo como base a resolução n.3 de 20 junho de 2014 editada pelo Ministério da Educação com fito de valorização da Atenção Básica na formação médica. OBJETIVO. Avaliar se os currículos dos cursos médicos estão coerentes com a Resolução n. 3 de 20 de junho de 2014, no diz respeito aos princípios da APS, analisando se os discentes estão sendo inseridos desde os períodos iniciais do curso no Sistema Único de Saúde (SUS) e se está sendo respeitada a carga horária mínima para o internato na Atenção Básica em Saúde e sua proporcionalidade com o de Urgência e Emergência. METODOLOGIA. Trata-se de um estudo descritivo com desenho de estudo observacional do tipo ecológico, onde foram selecionados aleatoriamente 15 cursos de medicina por sorteio, em que deveriam obedecer aos seguintes critérios de inclusão: ser reconhecido pelo MEC, ter sua matriz curricular disponível na internet e o curso está no último relatório do INEP. RESULTADOS. 87% dos cursos médicos possibilitam a imersão dos graduandos desde os períodos iniciais e os mantêm ao longo do curso na APS; e 91,7% respeitaram a carga horária de mínima de 30% da carga horária total do internato para o estágio na Atenção Básica em Saúde e nos Serviços de Urgência, além de garantir a maior carga horária para o estágio na AB em detrimento do outro. CONCLUSÃO. Constatou-se que a maioria dos cursos médicos atende as recomendações da Resolução no que concerne às competências relacionadas ao fortalecimento da Atenção Básica.
Abstract: In recent years, the need to reorganize the curricula of medical courses has been verified, seeking to train professionals able to implement the principles of Primary Health Care (PHC) in relation to the attendance focused on the needs of the population, based on the resolution n.3 of June 20, 2014 edited by the Ministry of Education with a view to valuing Primary Care in medical training. GOAL. Evaluate whether curricula for medical courses are consistent with Resolution no. 3 of June 20, 2014, concerns the principles of PHC, analyzing whether students are being inserted from the initial periods of the course in the Unified Health System (SUS) and whether the minimum hours for boarding Basic Health Care and its proportionality with that of Emergency and Emergency. METHODOLOGY. It is a descriptive study with an ecological study of observational study, in which 15 medical courses were randomly selected by lot, in which they should obey the following inclusion criteria: be recognized by the MEC, have their curricular matrix available on the internet and the course is in the last INEP report. RESULTS. 87% of medical courses allow graduates to immerse themselves from the initial periods and maintain them throughout the course in PHC; and 91.7% respected the minimum workload of 30% of the total workload of the boarding school for the Basic Health Care and Urgency Services, in addition to guaranteeing a higher workload for the AB course at the expense of the other. CONCLUSION. It was found that most medical courses meet the recommendations of the Resolution regarding the competencies related to the strengthening of Primary Care.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9381
Other Identifiers: 2014036180
Appears in Collections:Medicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliaçãodoscursosdeMedicinanoBrasil_CÂMARA_2017Texto Completo502.62 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons