Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9375
Title: Efeitos do treinamento de pliometria em jovens futebolistas participantes do projeto golaço/UFRN
Authors: Silva, Welton Monteiro da
Keywords: Futebol;treino pliométrico;potência;velocidade de deslocamento;velocidade com mudança de direção
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Welton Monteiro da. Efeitos do treinamento de pliometria em jovens futebolistas participantes do projeto Golaço/UFRN. 2019. 40 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Curso de Educação Física, Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: O treinamento pliométrico é utilizado para aumentar a eficiência do ciclo alongamento-encurtamento, e com isso aumentar a potência muscular. Vários estudos têm mostrado que o treinamento com saltos é uma estratégia eficiente para melhorar essa capacidade física e a importância desse tipo de treinamento na melhora da potência. Diante desse quadro, o presente estudo analisou os efeitos do treinamento de pliometria durante 4 semanas em jovens futebolistas. A fim de verificar se realmente melhora a potência muscular dos atletas avaliados, e consequentemente a velocidade e velocidade com mudança de direção (CODS) deles. A amostra foi composta por 11 atletas com idade entre 13 e 17 anos participantes do projeto de futebol Golaço da UFRN, que foram divididos em dois grupos. O Grupo Pliometria que foi formado com os atletas que realizaram o treinamento pliométrico 3 vezes na semana durante o período de 4 semanas, e o Grupo Controle que foi formado com os atletas que continuaram realizando o aquecimento básico, durante o mesmo período. Além de que, os dois grupos continuaram realizando o treinamento técnico e tático da equipe após os 15 minutos de intervenção no início de cada treino. Os atletas foram submetidos a testes de salto vertical, CODS e velocidade nos momentos pré e pós intervenção, para comparar os resultados e analisar os efeitos do treinamento. Nos resultados não foram encontradas diferenças significantes com o treinamento de 4 semanas em ambos os grupos. Com isso, conclui-se que 4 semanas de treinamento pliométrico não foram suficientes para promover melhoras na potência de membro inferiores e na velocidade de deslocamento e velocidade com mudança de direção em jovens futebolistas.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9375
Other Identifiers: 2014093749
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitosdoTreinamento_Silva_2019.pdf359,2 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons