Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9349
Title: Uso da técnica de morfometria geométrica em incertezas taxonômicas de espécies do gênero Callinectes Stimpson, 1860
Authors: Medeiros, Laiane Lane Lucena de
Keywords: Siris;Swimming crabs;Morfologia;Morfology;Distância de Procrustes;Distance of Procrustes;Jovens;Juveniles;Portunidae;Portunidae
Issue Date: 28-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Laiane Lane Lucena de. Uso da técnica de morfometria geométrica em incertezas taxonômicas de espécies do gênero Callinectes Stimpson, 1860. 2019. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) – Centro de Biociências. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2019.
Portuguese Abstract: O continente americano apresenta aproximadamente 13 espécies do gênero Callinectes sendo 6 encontradas mais comumente no Nordeste do Brasil. Este grupo, popularmente denominado de siris, apresenta espécies de difícil distinção taxonômica. Isto se deve às metodologias baseadas na observação de gonopódios, gonóporos e caracteres do dorso da carapaça. Sua fase jovem não é incluída em chaves de identificação, o que se agrava por terem selecionado morfologia, coloração e ecologia semelhantes entre si. A morfometria geométrica é uma alternativa para a identificação de variações morfológicas mínimas nas estruturas corporais por possuir maior poder discriminante. Portanto, este trabalho buscou utilizar a técnica da morfometria geométrica para quantificar a menor distância morfológica intraespecífica do que distância interespecífica em jovens das espécies do gênero Callinectes, e, assim, propor a utilização da chave taxonômica de adultos às classes ontogenéticas de jovens. Para isso, espécimes das espécies C. bocourti, C. danae, C. exasperatus, C. marginatus, C. ornatus e C. sapidus foram coletados e identificados seguindo a bibliografia especializada. A abstração da forma da carapaça foi realizada a partir de imagens capturadas para a marcação de 35 ‘landmarks’. Em seguida, a Análise de Variáveis Canônicas produziu um morfoespaço dos principais padrões de variação da forma entre as trajetórias ontogenéticas de jovens e adultos, e a Análise da Função Discriminante testou a variação interespecífica entre os jovens das espécies. Estas foram realizadas com 1000 permutações e as comparações foram baseadas na distância de Procrustes e assinalação correta da matriz de variação cruzada. Por fim, as classes ontogenéticas de jovens das espécies demonstraram ser mais similares morfologicamente aos adultos da sua respectiva espécie. Desse modo, observa-se a possibilidade de extensão da diagnose utilizada em adultos aos jovens. A semelhança dos marcos anatômicos interespecíficos demonstrou relação morfológica entre C. danae com C. marginatus, e vice-versa, C. ornatus com C. danae, C. sapidus com C. marginatus, e C. bocourti com C. sapidus, sendo reflexo de semelhantes pressões seletivas nos habitats através da sobreposição ecológica em espécies simpátricas e/ou proximidade molecular.
Abstract: The American continent present approximately 13 species of the genus Callinectes, 6 of these are most commonly found in Northeast of Brazil. This group, commonly known as swimming crabs, has species of difficult taxonomic distinction. The cause of this are methodologies based on observation of gonopods, gonopores, and dorsal characters of the carapace. Its juvenile phase is not included in identification keys, which aggravates it because it has similar morphology, coloration, and ecology. Geometrical morphometry is an alternative for identification of minimal morphological variations in body structures by having greater discriminating power. Therefore, this work sought to use the technique of geometrical morphometry to quantify the lowest intraspecific morphological distance, instead of interspecific distance, in juveniles of species of the genus Callinectes, thus, propose the use of adult taxonomic identification key for the juvenile ontogenetic classes. For this, specimens of species C. bocourti, C. danae, C. exasperatus, C. marginatus, C. ornatus and C. sapidus were collected and identified using specialized bibliography. The abstraction of the shape of the carapace was performed using photographs for marking 35 landmarks. Then, the Canonical Variable Analysis produced a morpho-space of the main patterns of form variation between the ontogenetic trajectories of juveniles and adults, and the Discrimination Function Analysis tested the interspecific variation among species juveniles. These were performed using 1000 permutations and the comparisons were based on the distance of Procrustes and correct assent of the cross-variation matrix. Lastly, the juveniles of the species were the most morphologically similar to adults of their specie. Thereby, we observe the possibility of extending the diagnosis used in adults for the juveniles of the species. This similarity of interspecific landmarks demonstrated morphological relationship between C. danae with C. marginatus, and vice-versa, C. ornatus with C. danae, C. sapidus with C. marginatus, and C. bocourti with C. sapidus, being reflex similar selective pressures in the habitats through ecological overlap in sympatric species and/or molecular proximity.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9349
Other Identifiers: 20155133970
Appears in Collections:Ciências Biológicas (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - Laiane.pdfMonografia de Laiane Medeiros955.14 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons