Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9342
Title: Escritas poéticas de si: educação e sensibilidade trajetória de Marinalva Pedroza de Souza
Authors: Ribeiro, Isabelle Maria Gomes
Keywords: Poesia;mulher;experiência
Issue Date: 26-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: RIBEIRO, Isabelle Maria Gomes. Escritas poéticas de si: educação e sensibilidade trajetória de Marinalva Pedroza de Souza. 2019. 45 f. Monografia (Graduação) - Curso de Pedagogia, Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: O presente trabalho busca investigar o processo de sensibilidade e representação de si da poetisa Marinalva Pedroza de Souza por meio dos seus registros textuais e trajetória de vida. Marinalva é uma mulher, como muitas outras na sociedade, que vive na busca de si e seu lugar, sendo que, muitas vezes foi silenciada por uma sociedade mesmo estando em molduras evolutivas, ainda assim, patriarcal. Sua história e vida mostra suas privações que ocultaram seus sonhos, e como a poesia integrou sua vida como refúgio identificando sua representação de mundo através de sua escrita. Para ajudar a compreender esse processo de sensibilidade e representação de mundo da poetisa, recorremos a autores como Hilda Stadniky (2006) trabalhando o a sensibilidade nas narrativas de vida; a biografia, Valéria Leoni Rodrigues (2008) sobre a importância de entender o contexto histórico que nós mulheres vivemos na sociedade desde seus primórdios, Jorge Larrosa (2002) conceituando a experiência de vida como processo de aprendizagem, Sandra Pesavento (2007) a sensibilidade como algo sentido e, outros que também auxiliam na construção teórica deste trabalho. Além desse aparato teórico, o trabalho se deu através de entrevistas realizadas com meu objeto de estudo, exposição das suas poesias e fotografias disponibilizadas por ela. Reconhecendo, portanto, nas poesias a sensibilidade nos seus registros textuais.
Abstract: The present work seeks to investigate the process of sensitivity and representation of the poet Marinalva Pedroza de Souza by means of his textual records and life trajectory. Marinalva is a woman, like many others in society, who lives in the search for herself and her place and has often been silted by a society even being in evolutionary frames, still patriarchal. His story and life shows his privations that concealed his dreams, and how poetry integrated his life as a refuge by identifying his representation of the world through his writing. To help understand this process of sensibility and representation of the world of Poetize, we resored to authors such as Hilda Stadniky (2006) Working the sensitivity in life narratives; The biography, Valéria Leoni Rodrigues (2008) on the importance of understanding the historical context that we women have lived in society since its beginnings, Jorge Larrosa (2002) conceptuating The experience of life as a learning process, Sandra Pesavento (2007) sensitivity as something sense and others that also assist in the theoretical construction of this work. In addition to this theoretical apparatus, the work took place through interviews with my object of study, exposition of its poetry and photographs made available by it. Recognizing, therefore, in the poetry the sensibility in their textual records. Keywords: poetry; Woman Experience
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9342
Other Identifiers: 20150113034
Appears in Collections:Pedagogia (Presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EscritasPoeticasEducacaoSensibilidade_Ribeiro_2019.pdf998.22 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.