Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9293
Title: Implantação da música no trabalho de parto e parto no Hospital Maternidade Almeida Castro no Município de Mossoró/RN
Authors: Saraiva, Andressa Pascale Rosado dos Anjos
Keywords: Música;Music;Enfermagem obstétrica;Humanização da assistência;Parto humanizado;Gestantes;Obstetric Nursing;Humanizing Delivery;Humanization of Assistance;Pregnant Women
Issue Date: 31-May-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SARAIVA, Andressa Pascale Rosado dos Anjos. Implantação da música no trabalho de parto e parto no hospital maternidade Almeida Castro no Município de Mossoró/RN. 2019. 35f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Enfermagem Obstétrica, Rede Cegonha III) - Escola de Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A gravidez e o parto são eventos que integram a vivência reprodutiva de homens e mulheres, constituindo um período de grandes expectativas. Durante este processo, é imprescindível que a mulher e seu companheiro sejam acolhidos de forma perene e humanizada, colocando-os como protagonistas do contexto em que se encontram. Como proposta de humanizar cada vez mais o serviço obstétrico e trazer benefícios durante o trabalho de parto, parto e nascimento. Este projeto interventivo teve como objetivo implantar a música nas salas de Pré-parto, Parto e Pós-parto no Hospital Maternidade Almeida Castro, no Município de Mossoró, no Rio Grande do Norte. O público alvo direto foram os profissionais enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos do Hospital cenário da presente intervenção. As mulheres em trabalho de parto, parto e pós-parto, configuram-se, neste estudo, como público alvo indireto, por terem participado e recebido benefícios do processo terapêutico, uma vez que a premissa foi implantar a terapia musical no setor PPP e sensibilizar e capacitar os profissionais, de modo que venham a propiciar de forma correta a terapia musical. Denota-se que a música foi oferecida de acordo com a Identidade Sonora da paciente e que todos os profissionais foram capacitados. A terapia musical foi realizada por dois meses no Pré-parto, Parto e Pós-parto, onde foram capacitados 66 profissionais e participaram da experiência musical 304 mulheres. Esse processo de intervenção mostrou resultados satisfatórios, pois todos os profissionais aderiram à terapia musical no ambiente o qual tem sido aplicado o recurso musical e as mulheres que participaram do processo aceitaram as experiências musicais como método complementar e não farmacológico. A música, para elas, possibilitou a redução da ansiedade, estresse, alívio das dores e auxiliou a tornar o momento algo especial, humanizado e acolhedor. Identificou-se que a adesão à terapia musical foi bem aceita e relatada como transformadora no saber-fazer profissional, ela fortaleceu as boas práticas no trabalho de parto, parto e nascimento, além de ter proporcionado a redução do uso de métodos farmacológicos no trabalho de parto.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9293
Other Identifiers: 201882006849
Appears in Collections:Especialização em Enfermagem Obstétrica III - Rede Cegonha

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ImplantacaoHospitalMaternidadeAlmeidaCastro_Saraiva_2019.pdf971.9 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons