Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9274
Title: Autoformação: perspectivas de reflexão e ação na prática docente
Other Titles: Self-training: reflection of prospects and action in teaching practice
Authors: Silva, Anne Karine Muniz da
Keywords: Autoformação;Reflexão (Filosofia);Competência Profissional;Ação Docente;Prática docente;Self-training;Reflection (Philosophy);Professional Competence;Teaching Action;Teaching practice
Issue Date: 13-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Anne Karine Muniz da. Autoformação: perspectivas de reflexão e ação na prática docente. 2019. 64 f. - Monografia (Graduação em Pedagogia) - Departamento de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2019.
Portuguese Abstract: Progressivamente a autoformação vem sendo discutida no campo da formação docente, dando a possibilidade de refletir sobre as práticas e saberes pedagógicos constituídos na identidade profissional do ser professor. Nesse contexto, a presente monografia intitulada “AUTOFORMAÇÃO: PERSPECTIVAS DE REFLEXÃO E AÇÃO NA PRÁTICA DOCENTE” objetiva discutir o processo de autoformação, identificando como os professores a definem, que conhecimentos possuem sobre a temática, assim como ele é vivenciado pelos docentes, contribuindo para as práticas da sala de aula e na (re)construção de saberes e fazeres. Considerando a realização desse estudo, optou-se pela pesquisa de campo de abordagem qualitativa, utilizando questionários para construir as informações acerca dos sujeitos elegidos para a pesquisa: professores do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano). Para tanto, a aplicação do instrumento foi realizada em quatro instituições escolares do município de Acari/RN, contemplando o total de 17 docentes participantes. Foram empregados como referencial teórico as ideias de Dewey (1959), Schon (2000), Alarcão (2011), Perrenoud (2000), Maciel (2003) entre outros. O estudo evidenciou que a maior parte dos professores conceitua a autoformação de acordo com sua definição atual, destacando a autonomia e a capacidade de atender as necessidades do ensino e da aprendizagem, também, a possibilidade de reavaliar e refletir sobre a ação docente de acordo os recursos e procedimentos de estudo disponíveis.
Abstract: Progressively self-training has been discussed in the field of teacher education, giving the possibility of reflecting on the pedagogical practices and knowledge constituted in the professional identity of being a teacher. In this context, the present monograph entitled "SELF-TRAINING: REFLECTION OF PROSPECTS AND ACTION IN TEACHING PRACTICE" objective discuss the self-training process by identifying how teachers define what knowledge have on the subject, as it is experienced by teachers, contributing to the practices of the classroom and (re)construction of knowledge and skills. Considering the realization of this study, we chose the qualitative approach of field research, using questionnaires to build the information about the subjects chosen for research: elementary school teachers (1st to 5th grade). Therefore, the instrument was implemented in four school institutions in the municipality of Acari/RN, with a total of 17 participating teachers. The ideas of Dewey (1959), Schon (2000), Alarcão (2011), Perrenoud (2000), Maciel (2003) and others were used as theoretical references. The study showed that most teachers conceptualizes self-training in accordance with its current definition, highlighting the autonomy and the ability to meet the teaching and learning needs, also the possibility to re-evaluate and reflect on the teaching action under the resources and study procedures available.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9274
Other Identifiers: 2015048980
Appears in Collections:CERES - Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AutoformaçãoPerspectivas_Silva_2019.pdf648,41 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons