Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9246
Title: Ocorrência de lesões e alterações bucais em pacientes pediátricos
Authors: Silva Júnior, César Luis Porpino Santos da
Keywords: Doenças da boca;Criança;Ocorrência
Issue Date: 18-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA JÚNIOR, Cesar Luis Porpino Santos da.Ocorrência de lesões e alterações bucais em pacientes pediátricos. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: Os estudos de ocorrência sobre as doenças bucais em pacientes pediátricos referem-se, em sua maioria, à cárie dentária, à doença periodontal e aos problemas relacionados com a má oclusão. Quando o foco são as lesões bucais, observa-se que existem poucas pesquisas e, muitas vezes, sem a padronização metodológica necessária. Além disso, com divergências tanto nos critérios de inclusão quanto na classificação das afecções, o que dificultou as análises comparativas entre os estudos. Objetivo: Investigar a ocorrência de lesões e alterações bucais diagnosticadas em pacientes pediátricos de até 10 anos de idade. Metodologia: Estudo observacional, transversal, descritivo e retrospectivo, no qual foram analisados os prontuários clínicos de pacientes de até 10 anos de idade atendidos na Clínica de Estomatologia, do Departamento de Odontologia (UFRN), no período de 2009 a 2018. Foram coletados dados sociodemográficos e clínicos, referentes à presença de lesões ou alterações bucais, de condições sistêmicas e de hábitos bucais deletérios. Resultados: Ao longo do período analisado, 152 crianças foram atendidas, sendo diagnosticadas 137 lesões ou alterações bucais. A maioria dos pacientes foi do sexo feminino (53,9%) e a localização mais comum, o lábio inferior (21,1%). As lesões de natureza reacional e inflamatória foram as mais frequentes (38,8%), com destaque para o fenômeno de extravasamento de muco, que foi a lesão mais comum (25%) em toda a amostra. Essa lesão não apresentou predileção por sexo, mas teve relação significativamente positiva com o lábio inferior (p=0,0001). Conclusão: As lesões de natureza reacional e inflamatória são as mais frequentes em pacientes pediátricos, com destaque para o fenômeno de extravasamento de muco, principalmente em lábio inferior.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9246
Other Identifiers: 2015072547
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CesarLPSSJ_Monografia.docx440.39 kBMicrosoft Word XMLView/Open
CesarLPSSJ_Monografia.pdf1.25 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons