Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9181
Title: Uma análise de sobrevida e de tendência da incidência do câncer de colo do útero, em pacientes atendidas pela Liga Norteriograndense Contra o Câncer, no período de 2007 a 2013
Authors: Medeiros, Diego da Costa
Keywords: Regressão linear;Linear regression;Coeficiente de incidência;Incidence coefficient;Estimador de Kaplan-Meyer;Kaplan-Meyer estimator;Modelo de Cox;Cox model
Issue Date: 19-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Diego da Costa. Uma análise de sobrevida e de tendência da incidência do câncer de colo do útero, em pacientes atendidas pela Liga Norteriograndense Contra o Câncer, no período de 2007 a 2013. 2019. 34f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Estatística) - Departamento de Estatística, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: O câncer do colo do útero é uma doença que acomete mulheres no mundo inteiro, com taxas de incidência e mortalidade variando de acordo com o grau de desenvolvimento da região. Objetivo: Descrever as taxas de incidência, bruta e padronizada pela idade, analisar suas tendências, bem como estimar curvas de sobrevida e ajustar o modelo de Cox para avaliar a razão de risco (RR) de covariáveis, dos casos de câncer de colo de útero atendidos pela Liga Norteriograndense Contra o Câncer, no período de 2007 a 2013. Métodos: Os cálculos dos coeficientes de incidência padronizados foram realizados pelo método direto, utilizando como padrão a população mundial de Segi de 1960. Na análise de tendência das séries dos coeficientes de incidência ajustou-se o modelo de regressão linear simples. As curvas de sobrevida foram estimadas através do estimador de Kaplan-Meyer e o teste logrank foi utilizado na avaliação de possíveis diferenças entre essas curvas. O modelo de Cox é ajustado para estimar a razão de risco nos casos univariado e múltiplo. Resultados: O coeficiente de incidência padronizado pela idade obtido foi de 13,26 por 100 mil mulheres. A série dos coeficientes de incidência não padronizados, para mulheres com idade abaixo de 40 anos, foi classificada como tendo tendência de crescimento, enquanto que, para as mulheres com 60 anos ou mais, essa série foi classificada como decrescente. As demais séries do estudo foram classificadas como estacionárias. A probabilidade acumulada de sobrevida após cinco anos, estimada para todas as mulheres do estudo foi de 76,6%, com o tempo mediano estimado de sobrevida de 17,1 meses. Conclusão: Neste estudo o câncer de colo do útero apresentou coeficiente de incidência com tendência crescente na faixa etária de até 39 anos, estável naquelas com idade entre 40 e 59 anos e decrescente após os 60 anos, no período estudado. As covariáveis faixa etária e escolaridade foram identificadas como fatores de prognóstico independentes.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9181
Other Identifiers: 2015021190
Appears in Collections:Estatística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UmaAnaliseCancerColoUteroPacientesLiga_Medeiros_2019.pdf820.98 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons