Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9134
Title: Relação entre os níveis de capacidade funcional e função cognitiva de idosos praticantes de caminhada na água
Authors: Pereira, Antônio victor de Lima
Keywords: Exercício;Envelhecimento;Capacidade funcional;Função cognitiva
Issue Date: 25-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PEREIRA, Antônio victor de Lima. Relação entre os níveis de capacidade funcional e função cognitiva de idosos praticantes de caminhada na água. 2019. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Departamento de Educação Física, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, 2019.
Portuguese Abstract: Atualmente as pessoas estão vivendo mais, com isso, espera-se que o número de idosos com 60 anos ou mais totalize os dois bilhões em 2050. Logo, se faz necessário estudar os processos inerentes ao envelhecimento, e mostrar como o exercício físico pode beneficiar essa população. Objetivo: correlacionar o nível de capacidade funcional e função cognitiva de idosos praticantes de caminhada na água. Metodologia: trata-se de um estudo observacional analítico, do tipo transversal. 14 indivíduos, com idade média de 66,36 ± 5,65, participantes de um projeto de caminhada na água foram selecionados. A capacidade funcional foi avaliada pelos seguintes testes: teste de levantar e sentar da cadeira em 30 segundos (resistência MMII), teste de flexão do braço em 30 segundos (resistência e força MMSS), teste de sentar e alcançar o pé (flexibilidade de MMII), teste de tocar as mãos nas costas (flexibilidade MMSS), Caminhada de 2,44m e sentar (velocidade) e Marcha estacionária de 2 minutos (resistência aeróbica). A capacidade cognitiva foi avaliada através do Mini Exame do Estado Mental (MEEM). Resultados: os testes de capacidade funcional que envolveram força e resistência de membros inferiores e superiores, mostraram ter uma relação positiva com o teste cognitivo, sugerindo que quanto maior a força/resistência do indivíduo, melhor será seu desempenho cognitivo. Conclusão: O estudo mostrou que a capacidade funcional e a função cognitiva de idosos praticantes de caminhada na água se correlacionam positivamente de forma significante e com um comportamento linear para a maioria das variáveis investigadas.
Abstract: People are now living longer, so the number of elderly people aged 60 and older is expected to total 2 billion by 2050. It is therefore necessary to study the processes inherent in aging and to show how physical exercise can benefit population. Objective: to correlate the level of functional capacity and cognitive function of elderly walkers in water. Methodology: This is an observational, cross-sectional, observational study. 14 individuals, mean age of 66,36 ± 5,65, participants in a water walking project were selected. The functional capacity was evaluated by the following tests: chair lift and sit test in 30 seconds (lower members resistance), arm flexion test in 30 seconds (strength and resistance upper members ), sit and reach the foot test (lower members flexibility ), hands-on-back test (upper members flexibility), 2.44m walk and sit (speed), and 2-minute stationary walk (aerobic endurance). The cognitive ability was evaluated through the Mini Mental State Examination (MMSE). The normality of the data was analyzed using the Shapiro-wilk test and z-score of asymmetry and kurtosis. The descriptive analysis of the data was expressed as mean and standard deviation with minimum and maximum values. Spearman correlation was used to verify magnitude of the association between the components of the senior fitness test and the Mini Mental State Examination (MMSE). Results: Functional capacity tests that involved strength and resistance of the lower and upper limbs were shown to have a positive relationship with the cognitive test, suggesting that the higher the strength / resistance of the individual, the better his cognitive performance. Conclusion: The study showed that functional capacity and cognitive function of elderly walkers in water correlate positively in a significant way and with a linear behavior for most of the variables investigated.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9134
Other Identifiers: 2014093758
Appears in Collections:Educação Física (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RelaçãoentreosNíveisdeCapacidade_Pereira_2019Texto Completo676,92 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons