Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9106
Title: Viabilidade econômica da implementação de uma Central Geradora Hidrelétrica movida a efluente tratado de uma ETE
Authors: Sousa Neto, Walter Gomes de
Keywords: Esgoto;Geradora;Energia Elétrica;Geração;Viabilidade;Energia Renovável
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUSA NETO, Walter Gomes de. Viabilidade econômica da implementação de uma Central Geradora Hidrelétrica movida a efluente tratado de uma ETE. 2019. 19f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Centro de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Desde o seu surgimento, a energia hidráulica se tornou um dos recursos mais importantes no mundo, dadas algumas características como sua disponibilidade, a facilidade de aproveitamento e principalmente pelo seu caráter renovável, transformando-a na principal fonte geradora de energia elétrica para mais de 30 países. No entanto, também é válido atentar para outra possível fonte hidrelétrica pouco explorada, mas com imenso potencial gerador de energia, que acaba sendo esquecida pela sociedade, os efluentes advindos de Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs). Na maioria dos casos, esses efluentes possuem qualidade suficiente para o propósito, principalmente se tratando de esgoto doméstico tratado, possibilitando a sua utilização como uma eficiente fonte produtora de energia hidrelétrica. A princípio, o esgoto não possui nenhuma função benéfica à sociedade ou ao meio ambiente, mesmo assim é uma fonte hídrica já existente e de extrema abundância em todo o mundo que pode ser usufruída sem gerar consequências negativas diferentes das que já são causadas. Assim, através de um estudo físicos de uma ETE e análise físico-química do efluente em Natal/RN, foi estudada a utilização de uma Central Geradora Hidrelétrica (CGH), bem como foi analisada e comprovada a viabilidade econômica da geração de energia elétrica por meio do efluente tratado de uma ETE que, apesar de não ser um conceito novo no mundo, é inovador no Brasil. Com efeito, trouxe-se uma solução executável e rentável para o país lidar com um dos grandes problemas modernos.
Abstract: Since its inception, hydropower has become one of the most important resources in the world, given some characteristics such as its availability, its ease of use and mainly for its renewable character, turning it into the main source of electrical energy for more than 30 countries. However, it is also worth looking at another possible hydroelectric source that is very little explored, but with an immense potential energy generator, which is eventually forgotten by society. These are the effluents from Wastewater Treatment Plants (WWTPs). In most cases, these effluents are of enough quality for the purpose, especially in the case of treated domestic sewage, making it possible to use them as an efficient source of hydroelectric energy. At the outset, sewage has no beneficial function to society or the environment, yet it is an already existing and extremely abundant water source throughout the world that can be enjoyed without generating negative consequences different from those already caused. Thus, through the physical study of a WWTP and physical-chemical analysis of the effluent in Natal/RN, the use of a Hydroelectric Generating Station was studied, as well as the economic feasibility of electric power generation was analyzed and proven. treated effluent from a WWTP that, although not a new concept in the world, is innovative in Brazil. Indeed, it has provided an executable and cost-effective solution for the country to deal with one of the great modern problems.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9106
Other Identifiers: 2014085765
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Viabilidadeeconômica_Sousa Neto_2019.pdfArtigo Científico - Trabalho de Conclusão de Curso685,29 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons