Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9104
Title: IInterpretação e correlação de dados de poços e linhas sísmicas 2D da Bacia do Parnaíba - Estado do Maranhão
Authors: Silva, Karla Adryane Palmeira da
Keywords: Bacia do Parnaíba;Interpretação sísmica 2D;Perfilagem de Poços
Issue Date: 27-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Karla Adryane Palmeira da. Interpretação e correlação de dados de poços e linhas sísmicas 2D da Bacia do Parnaíba – Estado do Maranhão. 2019. 72f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Petróleo) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: The Parnaíba Basin, classified as one of the great Paleozoic syneclises of Brazil, is located in the northeastern Brazilian region and extends through a sedimentary area of 665,888 km2, between the states of Maranhão and Piauí, including parts of Tocantins, Pará, Ceará, and Bahia. In the last years, exploratory activities in the region have had a notable rise, the target of high investments, nevertheless, it is still considered little explored in view of its great size and due to limiting geographical factors. This work contributes with a bibliographical review of the regional geology and petroleum systems of the Parnaíba Basin, and a correlation study of the well logs information with a time-migrated seismic section, in order to identify the geological formations of the main petroleum system. Data from well 1CA-0001-MA and seismic line 0317-0103 were used, and PETREL software was used to make a correlation study. In the well logs, the main formations associated with the petroleum systems of the Paraiba basin were identified, however, in the correlation of the logs with the seismic section, it was well identified only the Pimenteiras-Cabeças petroleum system.
Abstract: A Bacia do Parnaíba, classificada como uma das grandes sinéclises paleozoicas do Brasil está situada na região nordeste brasileira e se estende por uma área sedimentar de 665.888 km2, compreendida entre os estados do Maranhão e Piauí, incluindo em partes o Tocantins, Pará, Ceará e Bahia. Nos últimos anos, as atividades exploratórias na região tiveram notória ascensão, alvo de altos investimentos, no entanto, ela ainda é considerada pouco explorada diante da sua imensa dimensão e em função de fatores geográficos limitantes. Este trabalho contribui com uma revisão bibliográfica da geologia regional e dos sistemas petrolíferos da Bacia do Parnaíba, e um estudo correlação das informações de perfilagem de poços com uma seção sísmica migrada em tempo, com intuito de identificar as formações geológicas do principal sistema petrolífero. Foram utilizadas informações do poço 1CA-0001-MA e da linha sísmica 0317-0103, e utilizou-se o software PETREL para fazer a o estudo de correlação. Nos perfis de poços foram identificadas as principais formações associados aos sistemas petrolíferos da referida bacia, no entanto, na correção dos perfis com a seção sísmica identifica-se bem somente a sistema petrolífero Pimenteiras-Cabeças.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9104
Other Identifiers: 20170009820
Appears in Collections:Engenharia de Petróleo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Interpretacaoecorrelacao_SILVA_2019_.pdf3.27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons