Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9102
Title: Avaliação do impacto da preparação metalográfica na quantificação de austenita retida via EBSD em aço AHSS
Authors: Julião, Rodrigo Bessa
Keywords: AHSS;austenita retida;EBSD;DRX
Issue Date: 25-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: JULIÃO, Rodrigo Bessa. Avaliação do impacto da preparação metalográfica na quantificação de austenita retida via EBSD em aço AHSS. 2019. 42f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Materiais) - Centro de Tecnologia, Departamento de Engenharia de Materiais, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Os aços avançados de alta resistência (AHSS) têm sido implementados em maior quantidade pela indústria automotiva, chegando a ultrapassar os 80% de uso em automóveis segundo a WorldAutoSteel, visando à redução de peso do corpo automotivo e ao aumento da segurança veicular. Apresenta maior resistência mecânica em comparação ao alumínio, bem como menor custo. Todas essas características contribuem para que a indústria automotiva cumpra com suas metas globais de redução de poluentes. Devido à grande importância que cerca o desenvolvimento e a otimização dos atuais e de novos aços, esse trabalho se propôs a otimizar o método de preparação metalográfica para a quantificação de austenita retida via difração de elétrons retroespalhados (EBSD) em aço AHSS. O método de Rietveld aplicado à difração de raios-X foi utilizado como referência no presente estudo. Foram aplicadas duas técnicas distintas de polimento final por imersão em sílica coloidal: O polimento vibracional em politriz Vibromet e o polimento em politriz Minimet. Para cada um dos métodos variou-se o tempo de polimento. Os resultados indicam que o polimento via Minimet é mais eficiente para esta aplicação. Ademais, o método EBSD apresentou resultados confiáveis, próximos ao valor de referência, quando o método de polimento foi eficiente para a remoção da camada encruada pelas etapas anteriores de preparação metalográfica.
Abstract: Advanced High Strength Steels (AHSS) have been implemented in greater quantities by the automotive industry, reaching over 80% of use in cars according to WorldAutoSteel, aiming the weight reduction of the automotive body and increasing vehicle safety. It has higher mechanical strength compared to aluminum as well as lower cost. All these characteristics contribute to the automotive industry meeting its global targets for reducing pollutants. Due to the great importance that surrounds the development and optimization of current and new steels, this work has proposed to optimize the metallographic preparation method for the quantification of retained austenite by Electron Backscatter Diffraction (EBSD) in AHSS steel. The Rietveld method applied to X-ray diffraction was used as a reference in the present study. Two different final polishing techniques were applied by immersion in colloidal silica: Vibration polishing using the Vibromet machine and polishing using the Minimet machine. For each of those methods, the polishing time was varied. The results indicate that polishing using the Minimet machine is more efficient for this application. In addition, the EBSD method presented reliable results, close to the reference value, when the polishing method was efficient for the removal of the work-hardened layer by the previous steps of metallographic preparation.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9102
Other Identifiers: 20160153875
Appears in Collections:Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_RODRIG_BESSA_JULIÃO.pdf1.59 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons