Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9087
Title: As responsabilidades femininas com o cuidado: uma análise a partir das relações sociais de gênero na sociedade capitalista
Authors: Sousa, Amanda Cristina Fonseca
Keywords: Cuidado. Responsabilidades femininas. Desigualdade de gênero;Care. Female Responsiblilities. Gender Inequality.
Issue Date: 26-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUSA, Amanda Cristina Fonseca de. As responsabilidades femininas com o cuidado: uma análise a partir das relações sociais de gênero na sociedade capitalista. 2019. 47f. Monografia (Graduação em Serviço Social) - Centro de Ciências Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Esse estudo aborda a temática do cuidado e responsabilidades femininas, fazendo um resgate histórico para compreender as mudanças na sociedade, a transição das responsabilidades coletivas para ser individuais e particulares. O surgimento do Estado como órgão regulador para o provimento da sociedade, a expansão ideológica da classe dominante, a origem do patriarcado, suas imposições e implicações, sobretudo para as mulheres. O estabelecimento dos papeis femininos e masculinos com a divisão sexual do trabalho com desvantagens em relação ao homem, pois as responsabilidades do cuidado que antes eram divididas passam a sobrecarregar as mulheres, que tem o trabalho doméstico invisível e desvalorizado. A inserção feminina no mercado de trabalho se deu em grande parte em atividades ligadas ao cuidado, mais também em profissionais liberais ligadas ao cuidado como: cuidadora, enfermeira, médica, psicóloga, fisioterapeuta, assistente social, entre outras.
Abstract: This study addresses the issue of women's care and responsibilities, making a historical rescue to understand the changes in society, the transition from collective responsibilities to individual and individual. The emergence of the state as a regulating organ for the provision of society, the ideological expansion of the ruling class, the origin of patriarchy, its impositions and implications, especially for women. The establishment of the feminine and masculine roles with the sexual division of labor, the female entry into the labor market with disadvantages in relation to the man, since the responsibilities of the care that were previously divided start to overwhelm women, who have invisible domestic work and devalued. The feminine insertion in the labor market was mainly in activities related to the care, but also in liberal professions related to the care as: caregiver, nurse, doctor, psychologist, physiotherapist, social worker among others. Keywords: Care. Female. Responsibilities. State. Gender Inequality.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9087
Other Identifiers: 2014076612
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ResponsabilidadesFemininas_Sousa_2019794.21 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons