Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9073
Title: Educação em tempos de contrarreforma: identificando as implicações da Política de Ajuste Fiscal no Ensino Superior brasileiro e os seus rebatimentos na Assistência Estudantil
Authors: Souza, Adnna Raquel Araújo
Keywords: Ajuste fiscal;Educação;Serviço social;Assistência estudantil
Issue Date: 17-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUZA, Adnna Raquel Araújo de. Educação me tempos de contrarreforma: identificando as implicações da política de ajuste fiscal no Ensino Superior brasileiro e os seus rebatimentos na Assistência Estudantil. 2019. 89f. Monografia (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Serviço Social, Natal, RN, 2019.
Portuguese Abstract: Nos últimos anos, o Estado brasileiro tem posto em prática uma série de reformas no âmbito das políticas sociais. Estruturadas a partir da política de Ajuste Fiscal, essas ações se configuram enquanto uma verdadeira contrarreforma, cujo objetivo se fundamentaliza prioritariamente na superação do Estado de crise para o capital. Apesar de ser mais expressiva na seguridade social, tal política tem sido implementada em outras áreas – como na Educação, por exemplo. Esse é um cenário que interfere diretamente no trabalho do Assistente Social, tendo em vista que este atua principalmente no âmbito do acesso aos direitos sociais. Nesse sentido, levando em consideração a necessidade de se realizar recortes específicos em discussões mais ampliadas, a presente monografia tem por finalidade identificar as implicações da política de Ajuste Fiscal no Ensino Superior brasileiro e os seus reflexos no trabalho do Assistente Social. Trata-se de um estudo baseado em pesquisa bibliográfica, documental e na realidade observada na Coordenadoria de Apoio Pedagógico e Ações de Permanência da Universidade Federal do Rio Grande do Norte durante o processo de estágio obrigatório em Serviço Social realizado no ano de 2018. Considerando o desenvolvimento histórico da política de Ajuste Fiscal e a sua relação com as políticas sociais, buscamos apresentar, através da análise de dados orçamentários da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, de que maneira a contrarreforma em curso tem se refletido na educação superior brasileira e no fazer profissional do Assistente Social na Assistência Estudantil. Com a privatização das demandas sociais e sob o discurso de déficit orçamentário, o Estado tem fortalecido a tendência de responsabilização e culpabilização dos indivíduos sobre suas situações. Esta circunstância traz novas características ao trabalho do Assistente Social, que precisa se atualizar frequentemente a fim de não só identificar as novas expressões da questão social, como também desenvolver táticas para a superação das limitações institucionais e orçamentárias, com o intuito de garantir intervenções qualitativas.
Abstract: Recently, the Brazilian state has implanted sequential reforms on the social policies ambit. Structured from the fiscal adjustment policy, these actions can be defined as a true counter-reform, that head for the overpass of the capital crisis. Although being most expressive on the social security, that policy has been implanted on other areas - such as education for example. This is a scenario that meddle directly on the work of the Social Worker, owing to it acting mainly on ambit of the access to social rights. It is a research based on bibliographic and documental searching and on the reality seen on the Pedagogic Support and Permanency Actions Department of the Federal University of Rio Grande do Norte (CAPAP/PROAE) over the required internship period in social work, done at 2018. Considering the historic development of the Fiscal adjustment policy and its relations with the social policies, we target to present, through the analysis of budget data of the Federal University of Rio Grande do Norte, the way the current counter-reform has affected in the Brazilian higher education and in the work of the social worker on the student assistance. With the privatization of the social demand and over the budget deficit discourse, the Brazilian state has strengthened the tendency of responsibilities and culpabilities of the individuals about their situations. This bring new features to the work of the social worker, that needs to frequently update itself heading to not only identifying the new social issues expressions, as develop tactics for the overpassing the institutional and budget limitations, for a qualitative intervention guarantee.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/9073
Other Identifiers: 20150114659
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EducacaoEmTemposContraReforma_Souza_2019.pdf960.72 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons