Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8966
Title: Dependência da porosidade e da permeabilidade com a seleção granulométrica em rochas artificiais não consolidadas
Authors: Barreto, Francisco Janderleudys de Souza
Keywords: Rochas artificiais;Artificial rock;Porosidade;Permeability;Permeabilidade;degree of selection;Grau de seleção;Granulometric analysis;Análise granulométrica.;Porosity
Issue Date: 26-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BARRETO, Francisco Janderleudys de Souza. Dependência da porosidade e da permeabilidade com a seleção granulométrica em rochas artificiais não consolidadas. 2019. 52f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geofísica) - Departamento de Geofísica, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: O presente trabalho teve como objetivos obter amostras para serem utilizadas na validação dos vários modelos teóricos que descrevem as propriedades físicas das rochas, bem como, estudar a dependência da porosidade e da permeabilidade com a seleção em rochas artificiais não consolidadas, dado que a porosidade e permeabilidade são algumas das variáveis que influenciam no escoamento de fluidos, e os mais importantes parâmetros que contribuem para o entendimento das propriedades físicas de meios porosos. Para que isso fosse possível, necessitou-se da aplicação de alguns métodos de coleta de dados e análise, começando por uma rigorosa análise granulométrica que possibilitou identificar o tamanho dos grãos, bem como a frequência com que eles ocorrem numa determinada faixa de tamanho. Nesse intuito, antes de tudo, foi necessário um peneiramento para que pudesse iniciar a mistura dos grãos e a análise, na tentativa de gerar uma mistura de grãos muito bem selecionados até extremamente mal selecionados. A partir da análise de dados de grãos muito bem selecionados até mal selecionados, foi possível construir gráficos e tabelas que mostram de forma simples o comportamento da porosidade, permeabilidade e da distribuição dos grãos em torno da média. Em destaque o uso do porosímetro a gás, do permeâmetro de carga variável e sobretudo do software ImageJ, se mostraram de grande valia para os processos de experimentos e análise das amostras. Enfim, por meio de todo o estudo realizado foi possível confirmar que os resultados, fazendo uso de amostras constituídas de material artificial (esferas de vidro), se aproximam bastante dos modelos teóricos disponíveis na literatura consultada. Observou-se também, que os resultados demonstraram que a depender do grau de seleção dos grãos a permeabilidade e a porosidade de rochas não consolidadas de fato varia.
Abstract: The objective of the present work was to obtain samples to be used in the validation of the various theoretical models that describe the physical properties of the rocks, as well as to study the porosity and permeability dependence with the selection in unconsolidated artificial rocks, since the porosity and permeability are some of the variables influencing the flow of fluids, and the most important parameters that contribute to the understanding of the physical properties of porous media. For this to be possible, it was necessary to apply some data collection and analysis methods, starting with a rigorous granulometric analysis that allowed to identify the size of the grains, as well as the frequency with which they occur in a certain size range. In order to do so, it was necessary to sift the grains and the analysis in order to generate a mixture of grains from very well selected to extremely poorly selected. From the data analysis of very well selected until poorly selected grains, it was possible to construct graphs and tables that show in a simple way the behavior of the porosity, permeability and grain distribution around the mean. In particular, the use of the gas porosimeter, the variable charge permeameter and, above all, the soft ImageJ, proved to be of great value for the experimental processes and the analysis of the samples. Finally, through the entire study, it was possible to confirm, even partially, that samples made of artificial material (glass beads) are very close to the theoretical models available in the literature. It was also observed that the results showed that depending on the degree of grain selection the permeability and the porosity of unconsolidated rocks does indeed vary.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8966
Other Identifiers: 2012984445
Appears in Collections:Geofísica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DependenciaPorosidadeRochasArtificiais_Barreto_2019.pdf2.35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons