Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8944
Title: Análise multitemporal de longo prazo da cobertura vegetal do Parque das Dunas de Natal/RN
Authors: Ramalho, Julyana da Silva
Keywords: Impacto ambiental;Área de Preservação Permanente;Zona de Proteção Ambiental;Vegetação de parques urbanos;Environmental impact;Permanent preservation area;Environmental Protection Zone;Urban park vegetation
Issue Date: 10-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: RAMALHO, Julyana da Silva. Análise multitemporal de longo prazo da cobertura vegetal do Parque das Dunas de Natal/RN. 2019. 24f. Artigo Científico (Graduação em Engenharia Ambiental) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Este trabalho visa a análise multitemporal de longo prazo (decenal) da cobertura vegetal do Parque das Dunas de Natal desde a sua constituição como Área de Preservação Permanente (APP), em 1977. Pretende-se avaliar se houve uma redução na cobertura da vegetação, além da verificação da extensão da expansão urbana sobre sua área. A análise do indicador de cobertura vegetal é baseado no fato de que a vegetação é um dos instrumentos mais importante para o equilíbrio do Parque, pois ela proporciona a fixação das dunas, a diminuição do escoamento superficial, o aumento da infiltração, a melhora na qualidade da água infiltrada, é alimento e abrigo para a fauna, dá substrato a evolução do solo e traz conforto térmico ao proporcionar a melhora do microclima. O estudo ainda faz uma análise da eficácia dos instrumentos jurídicos de proteção as APP a fim de averiguar se a guarda legal tem sido eficiente em seu papel de proteção do meio ambiente. Por fim, a análise multitemporal de longo prazo, realizada por processamento digital de imagem, por meio de sensoriamento remoto, espera encontrar uma redução da cobertura vegetal e o aumento da expansão urbana para o interior dos limites do Parque, principalmente nas áreas limítrofes, por ser nelas onde há as maiores pressões antrópicas decorrentes do crescimento e adensamento urbano.
Abstract: This work aims the long term (decadal) multitemporal analysis of the vegetation cover of the Parque das Dunas de Natal since its establishment as a Permanent Preservation Area (PPA) in 1977. It is intended to evaluate if there was a reduction in vegetation cover, besides verification extension of urban expansion on its area. The analysis of the vegetate cover indicator is based on the fact that vegetation is one of the most important instruments for the Park's equilibrium, since it provides dune fixation, decreased runoff, increased infiltration, improved quality of the infiltrated water, is food and shelter for the fauna, gives substrate to the evolution of the soil and brings thermal comfort by providing better of microclimate. The study also makes an analysis of the effectiveness of PPA protection legal instruments in order to ascertain whether legal guardianship has been effective in its role of protecting the environment. Finally, a long-term multitemporal analysis, performed with digital image processing, with remote sensing, expect to find a reduction in vegetation and increasing urban sprawl into the Park boundaries, especially in the bordering areas, in them where there are greater anthropological pressures of urban growth and densification.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8944
Other Identifiers: 20170154580
Appears in Collections:Engenharia Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_Julyana Ramalho.pdfTrabalho de conclusão de curso de Julyana da Silva Ramalho1,35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons