Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8914
Title: Análise epidemiológica dos partos vaginais e cesareanas em uma região do nordeste brasileiro.
Other Titles: Epidemiological analysis of vaginal and cesarean parts in a northeast brazilian region.
Authors: Ribeiro, Eláine da Costa
Keywords: Indicadores básicos de saúde;saúde materno infantil;Parto normal;cesárea
Issue Date: 20-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: RIBEIRO, Eláine da Costa. Análise epidemiológica dos partos vaginais e cesareanas em uma região do nordeste brasileiro. 2018. 22 f. Monografia (Especialização) - Curso de Residência Multiprofissional em Saúde Materno-infantil, Escola Multicampi de Ciências Médicas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2019.
Portuguese Abstract: Objetivo: Objetiva-se verificar os partos realizados na 4a região de saúde do Rio Grande do Norte, possíveis relações entre variáveis sóciodemográficas, obstétricas e condições de saúde do nascido vivo. Métodos: Estudo epidemiológico, com levantamento feito através de registros oficiais. A amostra envolve o registro dos partos, no período de 2011 a 2015. Para análise dos dados foram utilizados a estatística simples descritiva, com proporção. Resultados: Observou-se a predominância de parto cesáreo. As mulheres que se submeteram ao parto cesáreo apresentaram maior assiduidade nas consultas de pré- natal, os índices foram semelhantes nas vias parto na gravidez única, o sexo masculino foi predominante nas cesarianas e feminino no vaginal; na variável cor, não houve diferença significante. O peso foi um fator considerável para o tipo de parto; não houve disparidades relevantes entre as vias de nascimento para anomalia congênita e o escore de APGAR. Nas mulheres com idade abaixo de 20 anos, prevaleceu o parto normal, já as que possuíam idade superior a 20 anos, o parto cesáreo se sobressaiu. O estado civil e o grau de instrução também influenciaram a via de parto. Conclusões: A quantificação de cesáreas continua distantes da realidade recomendada. Vários achados deste estudo corroboram com outras pesquisas semelhantes, porém existe a necessidade da continuidade nas investigações.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8914
Other Identifiers: 2174000985
Appears in Collections:Residência Multiprofissional em Atenção à Saúde Materno-Infantil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
repositorio.pdf414.39 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.