Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8892
Title: A Implantação da música como alternativa terapêutica não medicamentosa em uma maternidade pública
Authors: Medeiros, Alcione Félix de
Keywords: Música;Music;Enfermagem Obstétrica;Obstetric Nursing;Trabalho de Parto;Labor
Issue Date: 31-May-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Alcione Félix de Medeiros. A implantação da música como alternativa terapêutica não medicamentosa em uma maternidade pública. 2019. 37f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Enfermagem Obstétrica, Rede Cegonha III) - Escola de Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Sabe-se que o período gestacional se apresenta como um conjunto de transformações que abrange aspectos físicos, sociais e psicológicos das mulheres, uma fase de instabilidade emocional, com reflexos diretos nas formas de vivenciar o parto. Sendo assim, a intervenção realizada objetivou implantar a música como alternativa terapêutica não medicamentosa em uma maternidade pública. Trata-se de projeto de intervenção realizado na maternidade Dr. Leide Morais contando com a participação de gestores, equipe médica e de enfermagem e das puérperas atendidas na referida instituição. Os recursos metodológicos para sensibilização da equipe e gestão acerca da temática abordada foram rodas de conversa, folders e recursos audiovisuais, os quais evidenciaram os benefícios da música no processo de partejar. Nesse caminhar, cerca de 22% da equipe multiprofissional foi sensibilizada e a estratégia, como alternativa, encontra-se em processo de implantação em uma das suítes Pré-parto, Parto e Pósparto da unidade em questão. Como forma de avaliação da estratégia em processo, parturientes e acompanhantes foram estimulados a registrar em uma caixa de sugestões suas percepções acerca do uso da música durante o processo de parição e, com vistas a esclarecer/facilitar a compreensão das parturientes e de seus acompanhantes, fez-se necessária uma adaptação da escala de Likert. Os resultados parciais da intervenção têm sido a sensibilização da gestão e de 50 profissionais de saúde, a implantação da caixa de música em uma suíte de Pré-parto, Parto e Pós-parto, a adesão de enfermeiros obstetras como parceiros no fortalecimento da música no processo de parturição, além da análise parcial de parturientes que utilizaram a música no partejar, a maioria considerou excelente a experiência. Dessa forma, com a implantação da música, espera-se contribuir com a humanização do parto ao colaborar com outras estratégias não medicamentosas disponíveis na instituição em estudo, cujos resultados harmonizam a dinâmica do trabalho de parto.
Abstract: It is known that the gestational period presents as a set of transformations that cover the physical, social and psychological aspects of women, a phase of emotional instability with direct reflexes in the ways of experiencing childbirth. Therefore, the intervention aimed at implanting music as a non-drug therapeutic alternative in a public maternity hospital. It is an intervention project carried out at the maternity hospital Dr. Leide Morais, with the participation of managers, medical and nursing staff and the puerperal patients attending the mentioned institution. The methodological resources for sensitization of the team and management about the topic were talk wheels, folders and audiovisual resources, which evidenced the benefits of music in the process of partaking. In this walk, about 22% of the multiprofessional team was sensitized and the strategy, as an alternative, is in the process of implantation in one of the pre-delivery, delivery and postpartum suites of the unit in question. As a way of evaluating the strategy in process, parturients and companions were encouraged to register in a suggestion box their perceptions about the use of music during the parturition process and, in order to clarify / facilitate the understanding of parturients and their companions, an adaptation of the Likert scale was necessary. The partial results of the intervention have been the sensitization of the management and of 50 health professionals, the implantation of the music box in a suite of Prepartum, Childbirth and Postpartum, the adhesion of obstetrician nurses as partners in the strengthening of music in the parturition process, in addition to the partial analysis of parturients who used the music in the partyjar, the majority considered the experience excellent. Thus, with the implantation of music, it is hoped to contribute to the humanization of labor by collaborating with other non-drug strategies available at the institution under study, whose results harmonize the dynamics of labor.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8892
Other Identifiers: 20182006830
Appears in Collections:Especialização em Enfermagem Obstétrica III - Rede Cegonha

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ImplantacaoMusicaTerapeutica_Medeiros_2019.pdf1.49 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons