Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8856
Title: Conhecimento sobre o assoalho pélvico entre alunos do curso de graduação de fisioterapia: um estudo exploratório
Authors: Costa, Tâmara Stéphanie Lucena de Medeiros
Keywords: Assoalho Pélvico;Fisioterapia;Estudantes;Ensino Superior
Issue Date: 6-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Tâmara Stéphanie Lucena de Medeiros. Conhecimento sobre o assoalho pélvico entre alunos do curso de graduação de fisioterapia: um estudo exploratório. 2019. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: INTRODUÇÃO: O curso de Graduação em Fisioterapia busca educar seus ingressantes de forma que eles se tornem Fisioterapeutas generalistas. Faz parte da sua formação, estudar o movimento humano com o objetivo de preservar, desenvolver e restaurar a integridade de órgãos, sistemas e funções, de forma ampla e global. Dentro deste contexto, a Fisioterapia Pélvica atua na atenção às disfunções cinético-funcionais femininas, masculinas e da infância, relacionadas à funcionalidade dos músculos do assoalho pélvico. Assim, o tema assoalho pélvico deve ser abordado desde o seu início, para que o discente tenha condições de enfrentar a relação teoria x prática de forma ampla e adequada. Entretanto, ainda são escassos os estudos que se propõem analisar o conhecimento prévio de alunos sobre a anatomia e estruturas que compõem o assoalho pélvico. OBJETIVO: Avaliar o nível de conhecimento de alunos graduandos do curso de Fisioterapia, de uma Universidade pública, sobre o tema assoalho pélvico. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo transversal de caráter exploratório e descritivo, feito com 113 voluntários. A análise estatística descritiva foi apresentada com seus respectivos valores absolutos, relativos (média e desvio padrão) e porcentagem. Como instrumento de coleta de dados, foi utilizado um questionário auto aplicativo, com perguntas abertas e fechadas relacionadas ao tema assoalho pélvico. Foram entrevistados alunos matriculados no curso de Fisioterapia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, campus Natal, Rio Grande do Norte, Brasil, de ambos os sexos, maiores de 18 anos, que aceitassem participar da pesquisa e que estavam cursando entre o 1º e 7º período. RESULTADOS: 54,9% da amostra não souberam identificar a localização do assoalho pélvico, 46,9% não conseguiram citar quais os principais músculos da pelve e 52,2% não souberam localizar os músculos e estruturas numa figura de uma pelve humana. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que há uma defasagem no conhecimento dos participantes e que, apesar deles afirmarem que conhecem o assoalho pélvico, a maioria não reconheceu sua localização e suas estruturas. É necessário que o assunto seja mais abordado nas disciplinas básicas e as pré-profissionalizantes.
Abstract: INTRODUCTION: The Undergraduate Physiotherapy course seeks to educate its participants so that they become Generalist Physical Therapists. It is part of their training to study human movement with the objective of preserving, developing and restoring the integrity of organs, systems and functions in a comprehensive and global way. Within this context, Pelvic Physiotherapy works in the attention to female, male, and childhood kinetic-functional dysfunctions related to the functionality of the pelvic floor muscles. Thus, the subject pelvic floor should be approached from the beginning, so that the student is able to face the relationship theory and practice in a broad and adequate way. However, there are still few studies that propose to analyze the prior knowledge of students about the anatomy and structures that make up the pelvic floor. OBJECTIVE: To evaluate the level of knowledge of undergraduate students of the Physiotherapy course of a public university on the subject of pelvic floor. METHODOLOGY: This is an exploratory and descriptive cross-sectional study of 113 volunteers. The descriptive statistical analysis was presented with their respective absolute values, relative (mean and standard deviation) and percentage. As an instrument of data collection, an auto-questionnaire was used, with open and closed questions related to the pelvic floor theme. Students enrolled in the Physiotherapy course of the Federal University of Rio Grande do Norte - UFRN, Campinas Natal, Rio Grande do Norte, Brazil, of both genders, over 18 years of age, who accepted to participate in the study and who were attending the study were interviewed. 1st and 7th period. RESULTS: 54.9% of the sample did not know the location of the pelvic floor, 46.9% could not find the main pelvic muscles and 52.2% did not know how to locate the muscles and structures in a human pelvis. CONCLUSION: Was observed there is a gap in the knowledge of the participants and that, despite claiming to know the pelvic floor, most didn’t recognize its location and its structures. It is necessary that the subject is more approached in the basic and pre-professional disciplines.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8856
Other Identifiers: 20155135938
Appears in Collections:Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Tâmara Costa.pdf
Restricted Access Until 2020-12-31
Parte do TCC será submetido a uma revista da área
TCC Tâmara Costa PDF1.05 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons