Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8841
Title: Hábitos de compra e de consumo de alimentos em famílias com crianças menores de cinco anos
Other Titles: Habits of purchasing and consumption of food in families with children under five years
Authors: Costa, Amanda Cristina Batista
Keywords: Consumo de alimentos;promoção da saúde;hábitos alimentare
Issue Date: 12-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COSTA, Amanda Cristina Batista. Hábitos de compra e de consumo de alimentos em famílias com crianças menores de cinco anos. 2019. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: O ambiente alimentar pode influenciar nas decisões sobre os hábitos e modificar a aquisição e consumo de alimentos ao considerar que as escolhas alimentares são determinadas pelo acesso, disponibilidade, propaganda, conveniência e preço. Isso pode ocasionar consideráveis transformações no comportamento alimentar desde a infância Objetivo: Avaliar os hábitos de compra e de consumo de alimentos em famílias com crianças menores de cinco anos no município de Santa Cruz/RN. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa transversal, de abordagem quantitativa, realizada com 138 indivíduos nas seis Unidades Básicas de Saúde urbanas do município. Foi realizada entrevista estruturada com aplicação de questionários sobre informações socioeconômicas, hábitos de compra e consumo de alimentos, (In) segurança Alimentar e Peso e Altura auto referidos. Os dados foram analisados no programa SPSS. Foi realizada associação entre os hábitos de compra e consumo de alimentos com dados socioeconômicos, estado nutricional e segurança alimentar. Resultados: Dentre os hábitos de consumo avaliados, foi verificado maior consumo de suco natural ou de polpa (76,1%) e de frutas (64,5%) em cinco ou mais dias. Esses dados estiveram associados a uma maior escolaridade. A maior frequência em restaurantes e lanchonetes foi associada a uma maior renda, possuir emprego e não participação em programas sociais.
Abstract: Introduction: The food environment can influence the decisions about the habits and modify the acquisition and consumption of food considering that the food choices are determined by the access, availability, advertisement, convenience and price. This can lead to considerable changes in eating behavior from childhood. Objective: To evaluate the purchase and consumption habits of food in families with children under five years of age in the municipality of Santa Cruz / RN. Methodology: This is a cross-sectional, quantitative approach, carried out with 138 individuals in the six Basic Urban Health Units of the municipality. A structured interview was conducted with the application of questionnaires on socioeconomic information, food purchase and consumption habits, (In) food security and self-reported weight and height. The data were analyzed in the SPSS program. An association was made between the buying and eating habits of foods with socioeconomic data, nutritional status and food safety. Results: The consumption of natural juice or pulp (76.1%) and fruits (64.5%) in 5 or more days. hese data were associated with higher schooling. The greater frequency in restaurants and snack bars was associated with higher income, employment, and non-participation in social programs.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8841
Other Identifiers: 2015093458
Appears in Collections:Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HábitosCompraConsumo_Costa_2019.pdf
Restricted Access Until 2020-06-26
Trabalho será submetido a uma revista cientifica.
956.99 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons