Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8833
Title: Fragilidade em idosos comunitários atendidos pela atenção primária à saúde de um município brasileiro.
Other Titles: Fragility in community elderly persons attended for the for the primary health care of a brazilian municipality
Authors: Oliveira, Franciele Santos de
Keywords: Envelhecimento;Vulnerabilidade em saúde;Avaliação geriátrica;Atenção primária à saúde
Issue Date: 25-Feb-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Franciele Santos de. Fragilidade em idosos comunitários atendidos pela atenção primária à saúde de um município brasileiro. 2019. 23 f. Monografia (Especialização) - Curso de Residência Multiprofissional em Atenção Básica, Escola Multicampi de Ciências Médicas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2019.
Portuguese Abstract: A síndrome da fragilidade é um importante indicador da condição de saúde em idosos. A Edmonton Frail Scale (EFS) é um instrumento multidimensional, que avalia a síndrome de fragilidade, validado e adaptado para o Brasil. O presente estudo é epidemiológico, observacional e transversal. Tendo como objetivo geral aplicar a EFS nos idosos atendidos pela atenção primária à saúde, e como objetivos específicos investigar a ocorrência de fragilidade e de cada domínio da EFS nos idosos avaliados. Foram entrevistados 109 idosos com idade média de 71,5 ± 5,5 anos. Dentre os quais: 22,4% foram classificados como vulneráveis e 10,3% com algum grau de fragilidade. Com relação aos domínios da EFS, os que apresentaram maior ocorrência foram: baixo desempenho físico, percepção da saúde razoável/ruim, sentir-se triste ou deprimido, dificuldade de controlar o esfíncter e dependência funcional em duas ou mais atividades da vida diária. Contudo, a EFS configurou-se como um instrumento capaz de identificar a presença de fragilidade e os principais eventos que compõem essa síndrome, no âmbito da atenção primária à saúde.
Abstract: Fragility syndrome is an important indicator of health status in the elderly. The Edmonton Frail Scale (EFS) is a multidimensional instrument that evaluates the fragility syndrome, validated and adapted for Brazil. The present study is epidemiological, observational and cross-sectional. With the general objective of applying the EFS in the elderly attended by the primary health care, and as specific objectives to investigate the occurrence of fragility and each domain of the EFS in the evaluated elderly. We interviewed 109 elderly people with a mean age of 71.5 ± 5.5 years. Among them: 22.4% were classified as vulnerable and 10.3% with some degree of fragility. With regard to EFS domains, the ones that presented the highest occurrence were: poor physical performance, poor / poor health perception, feeling sad or depressed, difficulty in controlling the sphincter and functional dependence in two or more activities of daily living. However, the EFS was configured as an instrument capable of identifying the presence of fragility and the main events that make up this syndrome, in the context of primary health care.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8833
Other Identifiers: 2017400644
metadata.dc.description.embargo: 2021-12-01
Appears in Collections:Residência Multiprofissional em Atenção Básica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCR DEPOSITO.pdf
Restricted Access Until 2021-11-30
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO709.02 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.