Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8832
Title: Eventos adversos em idosos atendidos na atenção primária à saúde no município do nordeste brasileiro
Other Titles: Adverse events in elderly in primary health care in the municipality of northeastern Brazil
Authors: Martins, Ítala da Silva
Keywords: Idoso; atenção primária à saúde.;Comorbidades;Atenção primária à saúde;Elderly;Comorbidities;Primary health care.
Issue Date: 25-Feb-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MARTINS, Ítala da Silva. Eventos adversos em idosos atendidos na atenção primária à saúde no município do nordeste brasileiro. 2019. 39 f. Monografia (Especialização) - Curso de Residência Multiprofissional em Atenção Básica, Escola Multicampi de Ciências Médicas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2019.
Portuguese Abstract: O envelhecimento é um processo dinâmico e progressivo, caracterizado por alterações no decorrer do curso da vida. O objetivo do estudo foi avaliar a ocorrência de eventos adversos em idosos atendidos na atenção primária à saúde, em um município do nordeste brasileiro.Trata-se de um estudo epidemiológico, observacional e transversal. Foram obtidas as seguintes informações: variáveis sócio-demográficas, condições de vida e saúde e satisfação dos idosos com os serviços de saúde. A análise dos dados constou de estatística descritiva com medidas de tendência central (média), de dispersão (desvio padrão) e frequências absoluta e relativa para caracterização da amostra. Foram avaliados 109 idosos, com idade média de 71,5 anos± 5,5. Em relação aos hábitos de vida, a maioria relatou não fumar, não usar álcool e ser sedentário. Dentre os eventos adversos, os mais frequentes foram: baixo desempenho físico, presença de comorbidades, ocorrência de queda no último ano, polifarmácia e sintomatologia depressiva. Quanto à satisfação com os serviços de saúde, 13,8% revelaram nunca/quase nunca terem seus problemas resolvidos e 10,1% deixam de tomar medicamento por falta de dinheiro. Desta forma conclui-se que os principais eventos adversos encontrados nesta população são condições sensíveis à atenção primária e podem ser prevenidos.
Abstract: Aging is a dynamic and progressive process, characterized by changes during the course of life. The objective of this study was to evaluate the occurrence of adverse events in elderly in primary health care, in a city in the northeast of Brazil. This is an epidemiological study, observational and transversal. The following data were obtained: socio-demográfricas variables, conditions of life and health and satisfaction of the elderly with health services. Data analysis consisted of descriptive statistics with measures of central tendency (mean), dispersion (standard deviation) and absolute and relative frequencies for sample characterization. 109 elderly were evaluated, with an average age of 71.5 ± 5.5 years. In relation to life habits, most reported no smoking, no use alcohols to be sedentary. Among the adverse events, the most frequent were: low physical performance, presence of Comorbidities, occurrence of a fall last year, polypharmacy and depressive symptomatology. Regarding satisfaction with health services, 13.8% revealed never/almost never have their problems solved and 10.1% no longer taking medicine for lack of money. In this way it is concluded that the main adverse events found in this population are primary care-sensitive conditions and can be prevented.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8832
Other Identifiers: 20174000715
metadata.dc.description.embargo: 2021-12-01
Appears in Collections:Residência Multiprofissional em Atenção Básica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EventosAdversosemIdosos-Martins-2019.pdf
Restricted Access Until 2021-11-30
1.25 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons