Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8819
Title: Ocorrência de desreguladores endócrinos no sistema de abastecimento de água da Zona Norte da cidade de Natal-RN
Authors: Mota Júnior, Herisson Campos da
Keywords: Estrogênios;Alquifenóis;Bisfenol A;Octilfenol;Nonilfenol
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MOTA JÚNIOR, Herisson Campos da. Ocorrência de desreguladores endócrinos no sistema de abastecimento de água da Zona Norte da cidade de Natal-RN. 2019. 34f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: As ações antropogênicas, concomitantemente ao crescimento industrial e demográfico, têm corroborado com a presença de diferentes microcontaminantes nos corpos hídricos. Desses, mais recentemente, os desreguladores endócrinos (DE) têm chamado a atenção da comunidade científica, especialmente pelo fato de possuírem propriedades suscetíveis ao desequilíbrio do sistema endócrino de um organismo humano. Ressalta-se ainda que as tecnologias de tratamento de águas e efluentes, comumente adotadas no Brasil, não são projetadas para removerem essas substâncias. Nesse sentido, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a ocorrência de desreguladores endócrinos em diferentes pontos da estação de tratamento de água - ETA Extremoz-RN (água bruta, água filtrada, água clorada e água de lavagem do filtro) e avaliar a eficiência de remoção dos desreguladores endócrinos da Estação. As coletas foram realizadas durante o período de dezembro de 2017 a setembro de 2018, totalizando 8 (oito) campanhas amostrais. As substâncias analisadas foram: os estrogênios, os alquifenóis e o bisfenol A. Diante dos resultados pôde-se verificar a presença dos analitos bisfenol-A, octilfenol e nonilfenol em baixas concentrações, na maioria dos casos, porém acima dos limites de quantificação e detecção. Quanto a remoção dos desreguladores endócrinos, observou-se que através da tecnologia de filtração direta da estação, teve uma remoção média de 70% e 33% do bisfenol A e octilfenol, respectivamente.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8819
Other Identifiers: 2014090620
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Trabalho de Conclusão de Curso FINAL.pdfOcorrênciaDesreguladoresEndócrinos_MotaJúnior_20191.48 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons