Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8774
Title: Triagem auditiva neonatal na atenção básica: o olhar do usuário.
Authors: Silva, Rayane Kênia Campêlo
Keywords: Audição;Sistema Único de Saúde;Estratégia Saúde da Família;Atenção Básica;
Issue Date: Mar-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Rayane Kênia Campêlo da. Triagem auditiva neonatal na atenção básica: o olhar do usuário. 2019. 38 f. Monografia (Especialização) - Curso de Residência Multiprofissional em Atenção Básica, Escola Multicampi de Ciências Médicas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Currais Novos, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: A audição é uma função de primordial importância no desenvolvimento da comunicação humana. A detecção da perda auditiva precocemente é essencial para minimizar os impactos da deficiência auditiva. A Triagem Auditiva Neonatal (TAN) é por lei recomendada para diagnóstico e pode ser realizada na Atenção Básica. Objetivo: Analisar a estruturação do Programa de Triagem Auditiva Neonatal na Atenção Básica à saúde e seu impacto a partir da percepção do usuário no município de Currais Novos-RN. Metodologia: Estudo transversal, abordagem quantitativa, com amostra composta por acompanhantes dos bebês na TAN. A coleta de dados foi realizada utilizando questionário, objetivando identificar a percepção das mães a respeito da TAN e sobre a oferta do serviço na atenção básica. Foram aplicados 120 questionários cujos dados passaram por análise estatística descritiva. Resultados: Encontrou-se que 80,0% das entrevistadas relacionava a TAN a uma maneira de identificar a Deficiência Auditiva cedo; 63,3% relataram não ter recebidos informações suficientes sobre o exame, 88,3% responderam que a realização da TAN na Atenção Básica facilita o acesso ao exame, 60,% dos participantes do estudo tiveram seu exame marcados para até 15 dias após o nascimento e 33,3% até 30 dias. Conclusão: A TAN na atenção básica mostrou-se efetiva e atende a recomendações nacionais. Constatou-se a facilidade de acesso do usuário ao exame após a saída da maternidade, evitando a evasão programa e realização da triagem com a idade recomendada. Identificando ainda uma falha importante na rede de atenção quanto à eficácia das informações repassada aos responsáveis pelos RN’s.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8774
Other Identifiers: 20174000232
Appears in Collections:Residência Multiprofissional em Atenção Básica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCR- com alterações. depósito.pdf645.14 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.