Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8728
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Maurício Corrêa da-
dc.contributor.authorQueiroz, Allysandra Bezerra de-
dc.date.accessioned2019-06-17T19:33:18Z-
dc.date.available2019-06-17T19:33:18Z-
dc.date.issued2019-06-12-
dc.identifier2014097864pt_BR
dc.identifier.citationQUEIROZ, Allysandra Bezerra de. Avaliação da transparência das informações disponibilizadas nos portais eletrônicos (websites) dos poderes executivos estaduais e distrital. 2019. 39f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis) – Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do rio Grande do Norte, Natal, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8728-
dc.description.abstractThis research aims to analyse the level of transparency of pieces of information available in the digital platforms (websites) of the Executive Powers at the State and District levels. It was elaborated an evaluation sheet with 20 items related to data that should be made available. The evaluation sheet was applied in the 27 digital platforms (websites) of the State and District Governments in the months of March, April and May 2019. From the results of the evaluation sheet, it was possible to attribute a level of transparency to platforms ranged from 0 to 20, as well as it was possible to establish a ranking of transparency among the platforms of the State and District Governments. The results revealed, on a scale of 0 to 20, that the Government of Goiás-GO obtained level 15, being in the first position, followed by the Government of Amazonas-AM also with level 15. However, due to transparency in pieces of information criteria, the Government of Amazonas-AM came in second place, followed by the Government of Paraná-PR and the Government of São Paulo-SP in the third and fourth positions, respectively. The Governments of Rio de Janeiro-RJ, Ceará-CE and Tocantins-TO were in the last positions. It is concluded that most of the State and District Governments are infringing the legislation dealing with transparency. This research contributes to the advancement of the literature on the transparency of information available in the digital platforms (websites) of public entities, mainly the Executive Powers at the State and District levels. It also contributes to the elaboration of an evaluation indicator with information items that should be available through the digital platforms of the State and District Governments.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortept_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectTransparênciapt_BR
dc.subjectPoderes executivospt_BR
dc.subjectPortais eletrônicospt_BR
dc.titleAvaliação da transparência das informações disponibilizadas nos portais eletrônicos (websites) dos poderes executivos estaduais e distritalpt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
dc.contributor.referees1Oliveira, Edmilson Jovino de-
dc.contributor.referees2Celestino, Égon José Mateus-
dc.description.resumoEsta pesquisa tem o objetivo de analisar o nível de transparência das informações disponíveis nos portais eletrônicos (websites) dos Poderes Executivos Estaduais e Distrital. Foi elaborada uma ficha de avaliação contendo vinte itens relacionados com informações que devem ser disponibilizadas. A ficha de avaliação foi aplicada nos 27 portais eletrônicos (websites) dos Governos Estaduais e Distrital, nos meses de março, abril e maio de 2019. A partir do resultado da ficha de avaliação foi possível atribuir um nível de transparência aos portais que variaram em uma escala de 0 a 20, bem como foi possível estabelecer um ranking de transparência entre os portais dos Governos Estaduais e Distrital. Os resultados revelaram em uma escala de 0 a 20, que o Governo de Goiás-GO obteve o nível 15 ficando na 1ª posição, seguido do Governo do Amazonas-AM também com nível 15, mas por critérios de transparência das informações ficou na 2ª posição, em seguida ficaram o Governo de Paraná-PR e Governo de São Paulo-SP, nas posições 3ª e 4ª, respectivamente. Nas últimas posições ficaram o Governo do Rio de Janeiro-RJ, Ceará-CE e Tocantins-TO, respectivamente. Conclui-se que a maioria dos Governos Estaduais e Distrital está descumprindo a legislação que trata da transparência. O estudo contribui com o avanço da literatura sobre a transparência das informações disponibilizadas nos portais eletrônicos (websites) das entidades públicas, em especial dos Poderes Executivos Estaduais e Distrital. Contribui também, com a elaboração de um indicador de avaliação com itens de informações que devem ser disponibilizadas pelos portais eletrônicos dos Governos Estaduais e Distrital.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCiências Contábeispt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoTransparenciaInfo_Queiroz_2019.pdf504.08 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons