Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8716
Title: Implementação da massagem com aromaterapia durante o trabalho de parto na maternidade leide morais
Authors: Macedo, Erica Danielle Sousa de
Keywords: Massagem;Massage;Aromaterapia;Aromatherapy;Trabalho de Parto;Labor, Obstretic;Enfermagem Obstétrica;Obstetric Nursing
Issue Date: 28-May-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MACEDO, Erica Danielle Sousa de. Implementação da massagem com aromaterapia durante o trabalho de parto na maternidade leide morais. 2019. 41f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Obstétrica - Rede Cegonha, Escola de Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, RN, 2019.
Portuguese Abstract: O presente trabalho refere-se a uma intervenção que tem sido realizada a partir do Curso de Especialização em Enfermagem Obstétrica III – Rede Cegonha. Com vistas a definir uma problematização, levou-se em consideração o mapeamento de lacunas existentes no campo de atuação da enfermagem obstétrica na Maternidade Leide Morais. Assim, a escassez de medidas não farmacológicas para o alívio da dor no parto, se apresentou como ponto importante possível de ser abordado e modificado mediante uma intervenção no serviço. Os métodos não farmacológicos são considerados importantes para alívio das dores, medos e angústias de parturientes, diminuição de tensões causadas pelo processo parturitivo bem como proporcionam conforto e bem-estar às mulheres durante o trabalho de parto até a chegada do concepto. A medida não farmacológica escolhida para a intervenção apresentada foi a massagem com aromaterapia no trabalho de parto. As estratégias metodológicas se iniciaram em outubro de 2018 se estendendo a novembro de 2018 com a sensibilização dos gestores. Posteriormente aconteceu a sensibilização dos profissionais nos meses de novembro e dezembro de 2018, com o enfoque sendo dado à implantação da prática da massagem com aromaterapia no trabalho de parto e parto pela equipe de saúde, em especial a equipe de enfermagem. A capacitação dos profissionais se deu nos meses de Janeiro e Fevereiro de 2019 por intermédio de um Curso de Extensão Ministrado na Maternidade Leide Morais, onde houve exposição teórica e prática do tema de massagem com aromaterapia e na sequência proporcionou-se prática na sala de estudo entre os participantes do Curso. A implementação da prática da massagem com aromaterapia se iniciou a partir do mês de janeiro de 2019 mediante as capacitações e ocorrerá de forma contínua, pois se trata de um processo lento, constante e, como algo novo, requer mais tempo e dedicação para inserir rotina para que toda a equipe de enfermagem se sinta segura e oferte o serviço para as parturientes de risco habitual. Como resultados decorrentes do projeto de intervenção já é possível destacar a atuação de alguns profissionais de enfermagem na suíte Pré- parto, Parto e Pós-parto, de acordo com as suas disponibilidades, na prática de massagem com aromaterapia. Percebe-se ainda que com essa sensibilização, houve maior interesse da equipe como um todo em conhecer, aprender, atuar e executar o método não farmacológico proposto na intervenção. Ademais, ressaltasse importante repercussão da intervenção ora apresentada entre os profissionais médicos, pois houve interesse de um profissional médico obstetra em desenvolver em futuro próximo pesquisa com abordagem quantitativa e qualitativa em parceria com a especializanda condutora deste trabalho de conclusão de curso.
Abstract: The present work refers to an intervention that has been carried out from the Specialization Course in Obstetric Nursing III – Rede Cegonha. In order to define a problematic, it took into account the mapping of gaps in the midwifery in the Maternity Leide Morais playing field of Specialization rapporteur presented the intervention. Thus, the scarcity of nonpharmacological measures for the relief of pain at childbirth was presented as an important possible point to be approached and modified through intervention in the service. Nonpharmacological methods are considered important for relieving parturient pain, fears and distress, reducing stress caused by the parturition process, as well as providing comfort and well-being to women during labor until the concept arrives. The non-pharmacological measure chosen for the intervention presented was aromatherapy massage in labor. The methodological strategies began in October 2018 extending to November 2018 with the sensitization of the managers. Subsequently, the professionals were sensitized in the months of November and December of 2018, focusing on the implementation of aromatherapy massage in labor and delivery by the health team, especially the nursing team. The qualification of the professionals took place in January and February 2019 through an Extension Course carried out at Leide Morais Maternity, where there was theoretical and practical exposition of the theme of massage with aromatherapy and in the sequence it was provided practice in the study room between the participants of the Course. The implementation of the practice of massage with aromatherapy started from January 2019 through the training and will occur continuously because it is a slow, constant process and, as something new, requires more time and dedication to insert routine so that the whole nursing team feels safe and offers the service to the usual risk-taking parturients. As a result of the intervention project it is already possible to highlight the performance of some nursing professionals in the PPP suite, according to their availability, in the practice of aromatherapy massage. It is also perceived that with this awareness, there was a greater interest of the team as a whole to know, to learn, to act and to execute the non-pharmacological method proposed in the intervention. In addition, it should be pointed out that the intervention presented by the medical professionals was an important repercussion, since it was in the interest of an obstetrician medical professional to develop a quantitative and qualitative approach in the near future in partnership with the special rapporteur of this report.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/8716
Other Identifiers: 20182006900
Appears in Collections:Especialização em Enfermagem Obstétrica III - Rede Cegonha

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ImplementaçãoMassagem_Macedo_2019.pdf1.42 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons